Samsung continua a perder quota de mercado para os rivais Chineses


Por em

As vendas da Samsung continuem em queda… É uma tendência que começou na época natalícia de 2017, e continuou durante o ano de 2018! Muito provavelmente devido à desilusão que foi o Galaxy S9.

Tanto a IDC como a Strategy Analytics, reportam que as vendas de smartphones Samsung caíram cerca de 13% no terceiro trimestre deste ano. Queda que vem depois de uma outra queda de 10% no segundo trimestre, bem como uma queda de 2% no primeiro trimestre.

No fundo, é um claro sinal de que os Galaxy Note 9 e Galaxy S9 falharam em marcar de forma positiva o mercado. E assim, como consequência da falta dessa forte presença na gama alta… Começa também a sofrer nas gamas média e baixa!

Por outro lado temos a Chinesa Huawei, o maior rival da Samsung neste momento! Que teve um ano de 2018 completamente bombástico!

As vendas da Huawei subiram 32% no terceiro trimestre de 2018, conseguindo novamente roubar a segunda posição de ‘maior fabricante de telemóveis do mercado’ à Apple.

Claro que grande parte deste crescimento se deve ao imensamente popular P20 Pro que saiu logo após o Galaxy S9 no início de 2018. (Sendo uma das maiores razões das vendas aquém do aparelho da Samsung.)

Claro que com um grande sucesso na gama alta, a Huawei também gozou de um forte crescimento na gama média! Com a sua sub-marca Honor, a crescer também muito significativamente.

Samsung continua

A Xiaomi, outro grande rival Chinês, também está a aproveitar a queda da gigante Samsung.

As vendas deste fabricante também subiram cerca de 20% no terceiro trimestre de 2018, ocupando agora a quarta posição, logo atrás da Apple.

Neil Mawston, Director Executivo da Strategy Analytics, diz:

“A Samsung está a perder quota para a Huawei, Xiaomi e ainda outras fabricantes rivais nos altamente competitivos e lucrativos mercados da China e da Índia. A Samsung precisa de resolver os seus problemas nestes mercados, antes que seja tarde demais.”

A Samsung até já admitiu que está a ter dificuldades nos mercados de gama média e gama baixa… Mas no seu relatório de contas, menciona que tenciona melhorar estes resultados brevemente! Como quem diz, ainda em 2018.

Resultados que se deverão apoiar nas vendas dos novos Galaxy A7 e A9. Aparelhos de média gama, que agora possuem características muito mais interessante.

Isto graças à nova ’tática’ da Samsung! Que em suma, consiste na implementação de novas tecnologias inovadoras normalmente apenas encontradas nos topos de gama, neste terminais relativamente mais baratos.

Além disto, parece que a Samsung está a contar lançar três versões do seu Galaxy S10! E similarmente, um telemóvel dobrável cheio de tecnologia de ponta no próximo ano!

Por isso, se tudo correr bem, a empresa até vai ter uma gama de aparelhos bem interessante para atacar o mercado. E assim, tentar recuperar um pouco da sua quota das mãos dos seus rivais.

Enquanto que estes aparelhos topo de gama são essenciais para o futuro da Samsung como fabricante de smartphones… É o aumento de concorrência Chinesa na gama média e baixa que irá ‘fazer ou quebrar’ a Samsung em 2019.

Afinal de contas, a Huawei e a Xiaomi conseguiram dominar a ‘arte’ que é lançar telemóveis com características ‘premium’ no mercado de gama média e gama baixa… Isto a um preço apelativo!

E ainda pior para a Samsung… Há mais fabricantes Chinesas capazes de fazer exatamente o mesmo!

Leia também

Ou veja mais notícias de Android

Acompanhe ao minuto as últimas noticias de tecnologia. Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.
Etiquetas
Anterior

World of Warcraft: Classic irá ser lançado no verão de 2019!

Spotify para o Apple Watch: os testes já começaram!

Seguinte