Futuro da Intel – Analistas não estão muito confiantes!

Futuro da Intel – As acções da empresa desceram hoje 2%, depois de alguns analistas terem mudado o ‘status’ de ‘Desempenho Consoante o Mercado’ para ‘Desempenho Inferior ao Esperado’.

Analistas da firma ‘Raymond James’ anunciaram hoje uma queda no preço alvo das acções da Intel!

Chris Caso, um analista da RJ, mencionou que o maior problema estratégico da Intel é o seu processo de fabrico de 10nm! O que se torna ainda mais grave, quando a TSMC se está a dar às mil maravilhas com o seu processo de 7nm.

No entanto, esta queda na bolsa não é apenas devido às linhas de produção da Intel. Pois toda a indústria foi considerada nesta decisão.

Aliás, ‘Chris Caso’, passou uma semana na Ásia, a falar com vários distribuidores, chegando à seguinte conclusão:

“Com base nos dados que coleccionámos… Concluímos que entrámos numa desaceleração cíclica e por isso estamos a baixar o grupo de semicondutores. Já assistimos a isto antes. Por isso é seguro dizer que está a acontecer agora é consistente com uma desaceleração cíclica da indústria de semicondutores”.

A CNBC contactou a Intel acerca de tudo isto, ficando com a seguinte resposta:

“Conforme anunciámos em Julho… A forte procura por produtos Intel e um mercado de PCs mais forte do que esperado no primeiro semestre deste ano. Faz com que a Intel esteja a caminho de um terceiro ano recorde consecutivo.

Estamos focados em conseguir dar vazão a toda à procura do mercado. Assim como na introdução de novos produtos interessantes no segundo semestre de 2018. ”

Futuro da Intel – Existe razão para este ‘downgrade’?

Sem dúvida que a Intel está a passar por um mau bocado! Tendo em conta as dificuldades do processo de 10nm, a escassez de produtos de 14nm, bem como a falta de liderança na empresa.

Contudo, o mais importante é mesmo as falhas nos 10nm. Afinal de contas, o processo de fabrico, conhecido como litografia, é a maneira como todos os processadores são criados atualmente!

Dito isto, este processo tem impacto em várias campos, como a velocidade e talvez a métrica mais importante para os grandes centros de dados… A eficiência energética! Ou seja, com problemas na produção de chips 10nm, os processadores Intel Xeon não vão ter o ‘boost’ de velocidade e eficiência do processo até pelo menos o ano de 2020.

Os processadores Intel Xeon apenas têm um grande rival…

futuro da Intel

A linha de processadores AMD EPYC, que vão ser produzidos em massa com o processo de 7nm da TSMC! Que curiosamente, é equivalente aos 10nm da Intel, mas que tem agora pouca relevância… Porque os AMD EPYC de 7nm vão chegar ao mercado no verão de 2019.

Potencialmente, um ano antes dos Xeon de 10nm!

Futuro da Intel – Contudo, é possível que as coisas não estejam assim tão negras!

A Intel continua na frente da AMD quando falamos em eficiência energética. Tudo graças às várias técnicas de produção que foram refinadas ao longo do tempo. Com a Intel a ter ainda cerca de 10-25% de vantagem neste campo.

O que acaba por significa que os AMD EPYC de 7nm não vão ter uma vitória automática em relação aos Intel Xeon de 14nm

Similarmente, o mundo empresarial e de centro de dados é bastante conservador! Pois, não atualizam as suas máquinas todos os ciclos, e costumam ser um pouco lentos a reagir ao lançamento de novos produtos.

Além disto, como mencionámos em cima, o analista ‘Chis Caso’ fala de um “desaceleramento cíclico’ na indústria dos semicondutores. E enquanto isto pode ser muito bem verdade… O mercado empresarial e de centros de dados, alvo dos processadores Intel Xeon e AMD EPYC, continua a quebrar recordes ano após ano,.

O mercado Desktop e de portáteis pode funcionar em ciclos… Mas o ‘Boom’ existente nos centros de dados não obedece a esta regra! E por isso a procura vai apenas subir!

Em suma, tendo tudo isto em conta, acha que faz sentido este ‘downgrade’? Partilhe connosco a sua opinião nos comentários em baixo!

Fonte

Gosta da Leak? Contamos consigo! Siga-nos no Google Notícias. Clique aqui e depois em Seguir. Obrigado!

Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.

Leia também

Deixe um comentário