Afinal quem inventou a monocelha? E quem a tornou popular?

A ideia para este artigo surgiu de um comentário que li na Leak onde se falava da afamada monocelha. Afinal quem foi o primeiro telemóvel a utilizá-la? Quando se coloca esta questão, a resposta imediata dos utilizadores é o iPhone. No entanto isto não é verdade. A resposta certa é o Essential Phone, embora se formos rigorosos este não tenha sido o primeiro equipamento a adotar este sistema.

Afinal quem utilizou pela primeira vez a monocelha?

Teoricamente foi o LG V10 de 2015. Este dispositivo na sua essência tinha uma monocelha, ainda que diferente. A questão é que neste dispositivo ela estava alinhada à esquerda e à direita tinha uma espécie de segundo ecrã. Em alguns países este equipamento teve muito sucesso, embora sem atingir os valores de venda do iPhone.

a monocelha

No entanto isto foi suficiente para alguém notar que a monocelha poderia ter sucesso, especialmente com outro tipo de implementação.

O Essential Phone

O Essential foi assim o primeiro dispositivo a disponibilizar um ecrã com monocelha. No entanto, ela é  tão pequena que é facilmente ignorada. Para além disso, a Essential vendeu menos de 100.000 telefones nos primeiros meses. Assim não é de estranhar que para muitos utilizadores este dispositivo tenha passado despercebido.

a monocelha

O papel da Apple

A Apple não inventou a monocelha mas sem dúvida que a tornou popular. Se olharmos para a atualidade, o gigante da maçã não é assim tão inovador. Ainda assim sabem como fazer as coisas. A Apple consegue agarrar em algo que é interessante e transformá-lo numa moda.

Assim, a Apple não foi a primeira empresa a ter reconhecimento facial, nem o primeiro sensor de impressões digitais, nem o primeiro ecrã sem molduras. De facto, nunca foi a primeira em muitas coisas. Ainda assim, a Apple popularizou muitas destas características.

a monocelha

A Apple tornou normal vender um telemóvel sem uma bateria amovível. A Apple lançou a moda de eliminar a saída de auscultadores.

De facto, a Apple não chega primeiro mas depois faz as coisas bem. O iPhone X foi a primeira tentativa da Apple de reduzir as molduras, a monocelha e o carregamento sem fios. Tudo isto, quatro anos depois!

As outras marcas têm medo de arriscar?

Com fãs ou inimigos a monocelha é a grande tendência de mercado e como sabem foi especialmente popularizada pela Apple com o iPhone X. Embora algumas pessoas consideram que a Huawei imitou este fabricante com a introdução deste protuberância na linha P20, a estória pode não ser bem assim.

a monocelha

Numa entrevista à Forbes, o responsável pela unidade de dispositivos móveis da Huawei, dedicou algum tempo a falar da monocelha no Huawei P20 e referiu que esta empresa já havia pensado nisso há 3 ou quatros anos. No entanto, a Huawei decidiu jogar pelo seguro. É que o design simétrico a que as pessoas estão habituadas e os clientes chineses gostam seria arruinado. É por esse motivo que a empresa achou que ainda não era o momento certo para lançar um equipamento.

No entanto, depois de ver o sucesso do iPhone X, a Huawei percebeu que já era boa altura. Ainda assim, percebeu que por outro lado perdeu a hipótese de ser a primeira a apresentar ao mundo a monocelha.

mm
Bruno Fonseca
Fundador da Leak, estreou-se no online em 1999 quando criou a CDRW.co.pt. Deu os primeiros passos no mundo da tecnologia com o Spectrum 48K e nunca mais largou os computadores. É viciado em telemóveis, tablets e gadgets.

Mais deste autor

1 COMENTÁRIO

Relacionadas

Publicidadespot_img

Últimos artigos

Galaxy S22: o grande upgrade nas câmaras não vai acontecer!

Já há vários meses que têm surgido na Internet rumores sobre o Galaxy S22 e isto não é uma surpresa. As pessoas querem sempre...

Semana brutal na Netflix! Viu os projetos que vão chegar?

De semana a semana, vamos recebendo novos projetos verdadeiramente brutais. Sendo que tal como na semana passada, também nesta teremos direito não só a...

Gmail para Android: não utilize mais sem fazer estas alterações!

O Gmail é sem dúvida das melhores plataformas de email. É fiável, tem uma grande capacidade de armazenamento e raramente falha. É por isso...

Não perca nenhuma informação de última hora!

Registe-ne na Newsletter Leak e receba diariamente todas as informações no seu email!