Xiaomi Mi 9 oficializado

A Xiaomi vai lançar o novo smartphone topo de gama Xiaomi Mi 9 nos próximos dias. Mais concretamente vai ser apresentado ao mundo no mesmo dia do Galaxy S10. Agora eis que o presidente da Xiaomi, Lin Bin, revelou mais uma novidade. Dito isto, o ecrã do Xiaomi Mi 9 terá integrado um sensor de impressões digitais que será mais rápido do que os concorrentes.

Ecrã do Xiaomi Mi 9

Ecrã do Xiaomi Mi 9 terá as tecnologias mais avançadas de sempre

Na prática, a Xiaomi optou por integrar tecnologia de quinta geração referente a estes sistemas biométricos integrados no painel de visualização.

De facto, Lin Bin, tem feito diversas revelações acerca do Xiaomi Mi 9 na Internet. Todas elas têm contribuído para tornar este dispositivo cada vez mais apetecível.

Ecrã do Xiaomi Mi 9

O sensor de impressões digitais de quinta geração é sem dúvida uma excelente adição ao ecrã do Xiaomi Mi 9. Na prática, o responsável da Xiaomi afirmou que é 25% mais rápido do que os sensores disponíveis noutros smartphones.

No entanto, nem tudo diz respeito apenas à velocidade. É que esta tecnologia melhorada também está otimizada para cenários especiais de utilização. Ou seja, tem os dedos muito secos? o sensor vai funcionar à mesma. O mesmo acontece com a utilização em baixas temperaturas. Na prática, isto aumenta a taxa de desbloqueio significativamente em comparação com a solução da geração anterior.

Mas há mais novidades. Destaca-se igualmente o modo noturno, no qual o brilho da área de reconhecimento de impressão digital é ajustado automaticamente, dependendo do ambiente. A empresa também optou por aumentar a área de desbloqueio em comparação com a geração anterior e a posição de colocação também foi alterada.

Ecrã do Xiaomi Mi 9

Entretanto e já que falamos no ecrã, Lei Jun, fundador e CEO da Xiaomi, revelou que este dispositivo terá a moldura inferior 40 por cento inferior em comparação com o antecessor.

Já o ecrã com monocelha em forma de gota de água vai disponibilizar 90,7 por cento de proporção ecrã-corpo.

A Xiaomi vai apostar num painel AMOLED Full HD+ de 6,4 polegadas que é fornecido pela Samsung. Destacam-se também os até 600 nits de brilho.

Importa ainda salientar diversas otimizações para diferentes cenários de utilização, como modo noturno e modo de jogo.

Outra das caraterísticas do ecrã do Xiaomi Mi 9 é uma tecnologia melhorada que permite a utilização do dispositivo mesmo sob luz solar direta.

Assim, mesmo na praia e com o brilho direto do sol, vai poder sempre utilizar o smartphone sem dificuldade.

Entretanto, se os rumores se confirmarem, o Xiaomi Mi 9 vem protegido com vidro Corning Gorilla Glass 6 e também com uma certificação de proteção ocular de uma organização alemã.

Assim, outras caraterísticas deste equipamento dão conta de um chipset Snapdragon 855, câmaras traseiras triplas e uma bateria de 3500mAh com suporte para carregamento rápido de 27W.

Para terminar, se perdeu a nossa notícia de ontem, saiba que o Xiaomi Mi 9 venceu o Samsung Galaxy S10+ no AnTuTu.

A propósito do Mi 9, Xiang Wang, revelou no Facebook que o seu dispositivo obteve 387.851 pontos no AnTuTu. Isto é sem dúvida um resultado impressionante.

É que são 20 mil pontos a mais que a pontuação de referência. Os dispositivos Snapdragon 855 têm normalmente 362.110 pontos.

Entretanto a aposta da Samsung que foi testada, atingiu um pouco menos, ou seja, 326,85 pontos.

Galaxy S10+ no AnTuTu

Pode ler mais sobre isto e ver os resultados no Geekbench aqui.

Veja também aqui os segredos da câmara do Xiaomi Mi 9.