Inicio Apple Apple Watch fez milagre e voltou a salvar uma vida

Apple Watch fez milagre e voltou a salvar uma vida

Há notícias que dão gosto escrever. Isto não é estar a defender marcas, mas sim destacar o que alguns fabricantes fazem e que devia ser a tendência. Um dos propósitos da tecnologia é tornar a nossa vida mais fácil. Se puder salvar vidas tanto melhor. Foi exatamente isso que voltou a fazer o Apple Watch.

Desta vez a situação de salvar uma vida passou-se na Europa!

Um norueguês que desmaiou na casa de banho e sofreu um traumatismo craniano só foi salvo depois do seu relógio ter contactado os serviços de emergência.

salvar

Com 67 anos, Toralv Østvang, estava a utilizar o Apple Watch 4 quando foi à casa de banho a meio da noite. Embora não saiba ao certo o que aconteceu, sabe que perdeu os sentidos e bateu com a cabeça tendo ficado com três fraturas no crânio.

O smartwatch da Apple alertou os serviços médicos de imediato. Encontraram a vítima no chão ensanguentada e inconsciente, meia hora depois.

Se ele não tivesse sido descoberto, não haveria hipótese de o salvar.

salvar

De facto todas estas funções têm de estar num smartwatch! Salvar vidas é sempre uma prioridade!

Segundo a filha da vítima, ele nunca levava o telemóvel consigo para a casa de banho e assim, mesmo que tivesse ficado consciente, não conseguiria chamar os serviços médicos.

Graças ao acelerómetro e ao giroscópio, o Apple Watch 4 consegue detetar quando uma pessoa cai.

Posteriormente, quando esta situação se verifica, pergunta à pessoa se está tudo bem. Caso não haja resposta e a pessoa estiver imóvel durante um minuto, contacta imediatamente os serviços de emergência. Nos Estados Unidos seria o 911. Para além disso envia uma mensagem com os dados de localização.

Importa salientar que esta funcionalidade é ativada, por defeito, para pessoas que têm mais de 65 anos.

De facto a Apple tem traçado um excelente caminho ao nível da saúde!

Entretanto, o mais recente Apple Watch tem também a capacidade de examinar o coração e verificar se existe algum problema cardíaco.

Esta funcionalidade pode ser complicada de implementar em todos os equipamentos. É que obrigaria à colocação de componentes muito precisos. Ou seja, custos muito maiores. Ainda assim, a deteção de quedas já seria mais fácil de implementar. É que de facto, muitas vidas poderiam ser salvas.

Fonte Gosta da Leak? Contamos consigo! Siga-nos no Google Notícias. Clique aqui e depois em Seguir.

Quer receber notificações gratuitas no seu smartphone ou computador sempre que lançamos um novo artigo? Clique aqui.

Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.

mm
Bruno Fonseca
Fundador da Leak, estreou-se no online em 1999 quando criou a CDRW.co.pt. Deu os primeiros passos no mundo da tecnologia com o Spectrum 48K e nunca mais largou os computadores. É viciado em telemóveis, tablets e gadgets.

Leia também

Huawei recebeu da TSMC muito menos chipsets do que pediu

É muito provável que até ter surgido o problema dos Estados Unidos com a Huawei nunca tivesse ouvido falar do novo TSMC. É sem...

Se tem um smartphone Huawei vai mudar de sistema operativo!

Muito se tem falado da Huawei, do Android e de sistemas operativos adicionais. Algo que começou com a embirração de Trump face à gigante...

Google Play Store: descobertas novas apps perigosas! Apague já

Existem descobertas que surgem quando menos esperamos, inclusive na Play Store. De facto, uma rapariga de 12 anos que vive na República Checa estranhou...

Nokia 7 Plus: HMD Global continua a ser a rainha dos updates!

A HMD Global conseguiu a proeza de agarrar numa marca que estava desaparecida e trazê-la à vida. A meu ver conseguiu fazê-lo muito bem,...

Keanu Reeves na Marvel? Um sonho quase realidade!

A vinda de Keanu Reeves para o universo cinematográfico da Marvel, sempre foi um sonho de todos os fãs desta série de filmes e...