Porque é que a Intel não aumentou o número de núcleos mais cedo?

A 9ª geração de processadores Intel Core está prestes a ser revelada! Marcando a primeira vez que a Intel irá lançar um CPU com oito núcleos para o mercado tradicional de consumo.

O que levanta algumas perguntas… Porque é que a Intel não aumentou o número de núcleos mais cedo? Afinal de contas, a AMD já tem processadores com 8 núcleos desde 2017!

É verdade que já sabemos que a Intel está a ter problemas graves com o seu processo de 10nm! E que em paralelo, o processo de 14nm também não está muito melhor, sendo incapaz de dar vazão a toda a procura.

Intel não aumentou

Mas parece que a Intel não o fez, porque acredita que os utilizadores não iriam utilizar os núcleos extra…

Guy Therien, chefe de arquiteturas no ‘Intel Client Computing Group’, afirma que mais núcleos não é a resposta! Mencionando que os jogos e programas atuais não estão otimizados para a utilização eficiente de múltiplos núcleos de processamento.

Isto não é novidade nenhuma! Ok, é possível que alguns dos leitores não soubesse isto… Mas a verdade é que é algo que faz parte do conhecimento comum, há muitos anos!


“Nós fazemos produtos com o objetivo de oferecer a melhor experiência e performance possível em todos os segmentos.

Qualquer que seja a necessidade de computação que as pessoas tenham – desde gaming, a criação de conteúdo, até workstations topo de gama. Por isso, qualquer que sejam os workloads que os utilizadores utilizam. Nós vamos meter no mercado os melhores, e mais fantástico núcleos para as suas necessidades.”


Ok, é verdade que existem aplicações que não utilizam mais que 4 núcleos. Similarmente, também é verdade que a maioria dos jogos atuais não são otimizados para utilizar múltiplos núcleos de processamento… Mas é algo que não faz qualquer sentido dizer, quando a AMD já conseguiu lançar no mercado processadores com mais núcleos, a preços extremamente competitivos.

Aliás, se a Intel tivesse aumentado o número de núcleos mais cedo… Os estúdios responsáveis pelos jogos que tanto gostamos, saberiam que a tecnologia estava a ser adoptada. E por isso, iriam optimizar os seus jogos de acordo com o hardware existente no mercado.

A AMD já começou a fazer isso mesmo, e agora com a Intel a lançar processadores de 8 núcleos e 6 núcleos, certamente que os programadores irão começar a ter isso em consideração!

Afinal de contas, em 2018, já existem muitas aplicações que muitos consumidores utilizam no seu dia-a-dia, que tiram partido de um maior número de núcleos e threads, por isso é uma desculpa um pouco patética vinda da Intel.

No entanto, ‘Guy Therien’ continua, dizendo que:

“É sempre divertido desenvolver funcionalidades e capacidades para produtos de alta performance, que permite criar novos records, e ter grandes pontuações nos benchmarks. Mas, que também tenham uma boa performance no mundo real, para as workloads e aplicações que irão beneficiar todos os consumidores em todos os segmentos de mercado.”


Porque é que a Intel não aumentou o número de núcleos mais cedo? – O que pensa sobre isto? Partilhe connosco a sua opinião nos comentários em baixo!

Fonte