Na semana passada, um conjunto de slides revelou as novas funcionalidades do próximo Mate 20 e Mate 20 Pro da Huawei. Isto foi algo amplamente abordado pela Leak aqui. Agora eis que a equipa do conhecido site XDA Developers decidiu inspecionar ao pormenor o firmware do Mate 20. O objetivo é simples: – obterem mais informações. Quando o fizeram, confirmaram algumas coisas que já se sabiam. No entanto também encontraram novidades. Há uma em especial que não vai deixar a Samsung satisfeita e que acabou de chegar à Internet. 

Os ecrãs já estão confirmados e as baterias também, tanto na versão standard como no Mate 20 Pro

Começamos pelos aspetos exteriores. Em primeiro lugar, o firmware confirma que o Huawei Mate 20 terá um grande ecrã de 6,53 polegadas. Já a resolução é de 1080 × 2244 pixéis. A isto junta-se uma bateria de 4.000mAh no interior.

Já a versão premium, o Mate 20 Pro, possui um ecrã AMOLED curvo de 6,3 polegadas. Destaca-se também a bateria de 4.200mAh. Como foi revelado anteriormente, ambos vão suportar carregamento sem fios. Entretanto, os auscultadores Freebuds 2 Pro também serão carregados sem fios pelo próprio smartphones.

Um sistema de projeção sem fios! É esta a grande novidade acabada de chegar à Internet!

Noutras partes do firmware, foram encontradas referências a um sistema de projeção sem fios. Lembram-se ou leram o que escrevi hoje acerca do Samsung DeX sem fios?

Ora a Huawei pode já estar um passo à frente. A Huawei introduziu esta funcionalidade no ano passado para rivalizar com o Samsung DeX. A tal doca que transforma o smartphone num computador. Ora com a série Mate 20, a empresa deverá lançar uma alternativa sem fios que vai funcionar com ligações Wi-Fi de 2,4 e 5GHz. É engraçado que isto surja depois da notícia a revelar que a Samsung está a trabalhar neste tipo de solução.

A confirmação total do HiVision que até reconhece e indica as calorias dos alimentos

A funcionalidade final chega na forma do HiVision. Na prática, é essencialmente a alternativa da Huawei para o Google Lens. Isto já foi confirmado pela empresa, mas ainda está por lançar. Assim, ele será capaz de reconhecer alimentos e revelar até o valor nutricional dos alimentos e fazer a contagem de calorias de cada um.

Além disso, o software também vai identificar pontos de referência, pinturas e até idiomas – a tradução em tempo real será possível graças ao Microsoft Translate.

Estão entusiasmados com estas novidades? Pessoalmente o que me chamou mais à atenção nestas novidades foi o “DeX sem fios”. O carregador dos auscultadores também é interessante.

Lembramos que o Huawei Mate 20 e Huawei Mate 20 Pro vêm com o Kirin 980, o primeiro processador baseado no processo de fabrico de 7nm! Existem mais de 6.9 mil milhões de transistores por centímetro quadrado, o que é sem qualquer dúvida um feito impressionante! Neste pequeno chipset existe um novo CPU, GPU e ainda uma NPU melhorada, entre outros componentes.

Em suma, o Kirin 980 é muito mais poderoso e eficiente do que a geração passada da Huawei.

As câmaras que não passam despercebidas

Já no que diz respeito às câmaras a Huawei vai abrir mão da objetiva telefoto que estava presente na configuração do Huawei P20. Ao invés disto teremos uma lente ultra grande-angular. Lembramos que a configuração do P20 Pro tem uma lente telefoto de 8 megapixéis, outra RGB de 40 e outra monocromática de 20.

Ao nível das câmaras na parte frontal, haverá um sensor principal de 24 megapixéis no Mate 20 Pro. Destaca-se ainda o reconhecimento facial 3D (que deverá funcionar em meio segundo). Para além disso teremos ainda um sensor de impressões digitais no ecrã.

Ainda neste campo queremos dizer ainda que os utilizadores vão poder capturar vídeo com um efeito bokeh artificial que também pode ser utilizado nas fotografias.