Apple novamente no tribunal, agora devido ao Apple Watch

Parece que a Apple não tem tempo para descansar, depois do escândalo da limitação do processador devido à degradação das baterias, a empresa vê-se novamente a enfrentar um ação judicial, mas agora devido ao Apple Watch.

Já é normal a empresa de Cupertino estar envolvida em ações judiciais, tal como todas as outras grandes empresas, esta nova acção vem por parte da Omni MedSci, uma empresa que diz que a Apple está a usar ilegalmente sua tecnologia no sensor de frequência cardíaca do Apple Watch.

Apple Watch

Esta empresa afirma ter tido vários encontro com a gigante de Cupertino de 2014 até 2016, em que esta acabou por cancelar uma eventual parceria, mas que mesmo assim usou a tecnologia patenteada no seu relógio.

O Apple Watch foi apresentado pelo primeira vez em 2015, e desde então incorpora um dos melhores sensores de frequência cardíaca. Este acessório tem sido um dos mais vendidos pela marca, e as suas vendas crescem de ano para ano tal como interesse por parte dos utilizadores.

O dono da Omni MedSci, Mohammed Islam, tem outras empresas e várias patentes do seu lado. A sua empresa destinada a patentes, a Cheetah Omni, já enfrentou várias ações judiciais contra grandes empresas, como Fujitsu, Alcatel-Lucent, Huawei, Nokia e Siemens.

Pode interessar:

Novas edições de iPhone 8 e iPhone X podem chegar hoje (ATUALIZADO)

Steve Wozniak também abandona o Facebook

Apple que juntar o teclado e rato num só! Saiba como!

Fonte

Gosta da Leak? Contamos consigo! Siga-nos no Google Notícias. Clique aqui e depois em Seguir.

Subscreva a newsletter Leak e tenha acesso diário aos principais destaques, ofertas e descontos nos parceiros Leak. Clique aqui

Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt

Leia também