Inicio Android Vale a pena comprar um smartphone recondicionado?

Vale a pena comprar um smartphone recondicionado?

A questão dos smartphones recondicionados é delicada. É verdade que existem muitas lojas dedicadas a isso, especialmente no caso do material da Apple que é o que menos desvaloriza. No entanto, isto não significa que comprar um iPhone ou um smartphone recondicionado Android seja uma boa ideia. Claro que há vantagens. Temos oportunidade de adquirir equipamentos com um preço mais atrativo, face ao que custam os novos. Mas num mundo que parece ser só de vantagens, existem muitas desvantagens também. De facto, em vários casos o mais barato pode sair caro.

A dura vida (ou não) de um smartphone recondicionado

Os smartphones recondicionados tiveram uma vida antes de chegarem às suas mãos. Por fora podem estar muito bonitos, mas não sabe ao certo que tipo de situações viveram nem os potenciais problemas que podem ter. Aqui também é preciso sorte. Alguns smartphones recondicionados não foram usados ​​extensivamente e provavelmente não tiveram nenhum problema importante. Outros foram usados ​​durante um ano ou mais e trocados por novos modelos. E ainda há aqueles que foram devolvidos depois de terem sido encontrados alguns defeitos que só se fizeram notar muito mais tarde. Eventualmente até podem ter sido reparados, mas este processo depende muito de quem o fez e mais tarde podem vir a surgir as mesmas situações.

Apple não, smartphone recondicionado

É verdade que muitas lojas testam extensivamente os equipamentos e outras até dão dois anos de garantia. No entanto isto está sempre dependente da boa vontade das lojas. Em tempos que já lá vão, com um equipamento Nokia tive um problema no mínimo ridículo. Eu e muitas outras pessoas. Foi um equipamento que não tinha apanhado humidade, nem caído à agua nem nada e com apenas 2 meses de utilização começou a ter problemas. Foi a reparar e a resposta foi vestígios de humidade. Compreende o que aconteceu não foi? Não o repararam.

As garantias

Normalmente a garantia de um equipamento recondicionado não é igual aquela que obtemos quando adquirimos um equipamento novo. Digo normalmente, porque há lojas que fazem dois anos. No entanto, mais uma vez, tudo depende da forma como o processo decorre no caso de haver algum problema.

A diferenças de preços

Como referi no início ao apostarmos nos smartphones recondicionados conseguimos adquirir equipamentos com um preço substancialmente mais baixo em relação aos novos. Mas um recondicionado nem sempre significa uma boa oportunidade e até vou dar um exemplo prático. Numa loja online de recondicionados vi, por exemplo, um iPhone 8 a 429 Euros. Ou seja, um equipamento lançado em 2017. Ora o novo iPhone SE que esteticamente é igual ao iPhone 8 e vem com o processador do iPhone 11 está disponível a partir de 499 Euros. É verdade que se calhar não teremos uma capacidade de armazenamento tão grande. No entanto é para isso que há a cloud.

iPhone SE (2020)

Saindo do mundo Apple também não compensa propriamente estar a apostar num recondicionado. É que hoje em dia já não precisamos de pagar 600, 700 ou 800 Euros para deitarmos a mão a um bom equipamento. Assim, em vez de gastar 400 Euros num equipamento usado que já tenha sido um topo-de-gama antigo, compra um equipamento novo de gama média alta e tem basicamente o mesmo desempenho, desde que saiba escolher.

P30 Pro vs Galaxy S10, smartphone recondicionado

Se é do tipo de pessoa que gosta de ter os últimos gadgets e apostar nas novas funcionalidades, quer se trate de Android ou iOS, então talvez seja má ideia optar por um recondicionado. É que vai sentir que está sempre um passo atrás. Pior ainda é quando há uma versão ainda mais recente do seu smartphone no mercado. Se acabou de comprar um recondicionado com estas características, provavelmente não o substituirá em breve. Assim, se ele já tiver eventualmente dois anos, já não terá grandes updates e o que lhe parece novo, vai-lhe parecer velho muito rapidamente. Se comprar um equipamento um furo abaixo, ou seja, que não seja propriamente um topo-de-gama mas ande lá perto então o dispositivo não ficará desatualizado rapidamente e poderá mantê-lo por um ano ou dois antes de começar à procura de novidades.

O que acha disto? Considera que vale realmente a pena comprar-se um smartphone recondicionado? Gosta da Leak? Contamos consigo! Siga-nos no Google Notícias. Clique aqui e depois em Seguir.

Quer receber notificações gratuitas no seu smartphone ou computador sempre que lançamos um novo artigo? Clique aqui.

Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.

mm
Bruno Fonseca
Fundador da Leak, estreou-se no online em 1999 quando criou a CDRW.co.pt. Deu os primeiros passos no mundo da tecnologia com o Spectrum 48K e nunca mais largou os computadores. É viciado em telemóveis, tablets e gadgets.

Leia também

(Black Friday) Software a um super preço! (Windows, Office, jogos)

Compre o Windows 10 Pro a um super preço! - Num mundo cada vez mais digital, é sempre importante ter em conta as ofertas...

Microsoft vai trazer apps Android para o Windows 10!

É verdade que já é possível executar aplicações Android em computadores com Windows 10 graças a emuladores como o Bluestacks. No entanto, em breve,...

Mega-promoção: Earbuds i10 TWS por apenas 14 Euros!

O preço parece bom demais para ser verdade. No entanto, estes Earbuds i10 TWS são realmente uma grande surpresa. Logo à partida destaca-se o...

Samsung Galaxy A32 5G: capa revela o design do smartphone!

A maioria dos fabricantes já está a preparar smartphones 5G económicos. Eventualmente serão as grandes apostas para 2021. Dito isto, a maioria parece estar...

Galaxy Watch 3 e Watch Active 2 acabam de receber novidades!

A Samsung começou a disponibilizar um novo update de firmware para os wearables mais recentes. Falo em concreto do Galaxy Watch 3 e do...