iPhone 8 em 2019? Será que ainda vale a pena comprar?

O iPhone 8 marcou o fim de uma era para a Apple! Afinal de contas, foi lançado lado a lado com o iPhone X, o que por sua vez significou o fim do design super popular introduzido pelo iPhone 6 em 2014.

No entanto, ao ser lançado lado a lado com o iPhone X, significa que o iPhone 8 tem muitas das características técnicas do ‘X’ dentro de si. Aliás, em boa verdade, a única coisa que realmente muda entre os dois, é a inclusão do ecrã OLED, design e mudança do Touch ID para o Face ID.

O que claro está, significa que o iPhone 8 continua a ser uma autêntica ‘besta’ de smartphone mesmo em 2019. Especialmente, quando o encontramos a 359,99€, sendo uma porta de entrada super apetecível para o ecossistema Apple.



iPhone 8 em 2019? Ainda vale a pena comprar este smartphone?

iPhone 8

Portanto, se por acaso comprou um iPhone 8 em 2017 e está a pensar se vale ou não a pena trocar. Ou se por outro lado, está a pensar entrar no ecossistema da Apple e vê no iPhone 8 uma excelente oferta a um preço apelativo… Talvez seja boa ideia ler as próximas linhas. Ao fim ao cabo, na minha opinião, o iPhone 8 ainda é um smartphone muito bom. Muito graças às otimizações da Apple, constantes atualizações e super processador desenhado pela própria empresa.

Afinal, com a qualidade de construção típica da marca, uso do SoC A11 Bionic e constantes atualizações de software. O iPhone 8 não é apenas uma boa compra agora, como se irá manter rápido e atualizado nos próximos 2 ou 3 anos sem grandes dificuldades.

Mas vamos por partes…

iPhone 8 em 2019 – O Design e Ecrã

Tal e qual como em 2017, o iPhone 8 continua a estar disponível em dois tamanhos, o normal e o ‘Plus’, com um ecrã Retina de 4.7” ou de 5.5” respetivamente. Contando com o clássico design do iPhone, mas agora com novas funcionalidades e uma traseira de vidro para dar as boas vindas ao carregamento sem fios.

Será o design ‘antigo’ um ponto negativo?

iPhone

Tudo depende do seu gosto pessoal… No caso da Apple, estamos a falar de uma marca que acredita na sua filosofia de design ao ponto de a re-utilizar vezes sem conta. Ou seja, a Apple não muda o design apenas por mudar, só o faz se acreditar que existe mesmo essa obrigação, porque irá mudar a maneira como o utilizador utiliza o seu aparelho para melhor.

Mas uma coisa é certa… A Apple lançou o iPhone X e o iPhone 8 ao mesmo tempo, porque tem a plena noção daquilo que os seus fãs gostam. Os seres humanos quando gostam de algo, odeiam ver mudanças.

Por isso, o iPhone 8 trouxe todas as melhorias do iPhone X, para o antigo formato de confiança.

Portanto, no iPhone 8 irá ter todas as capacidades do iPhone X sim. Contudo, irá navegar na interface da maneira antiga, utilizando o botão ‘Home’ que ainda marca presença com o seu sensor de impressão digital. (Sim, aqui não precisa de utilizar a sua face para nada, não há Face ID)

Como disse em cima, o iPhone 8 é mais uma sandwich de vidro e alumínio, com uma frente e traseira de vidro Gorilla Glass, com uma estrutura de alumínio super resistente 7000. Além disto, temos também certificação de resistência a água e poeira IP67, permitindo meter o smartphone debaixo de 1 metro de água durante 30 minutos.

Falando do ecrã, temos um LCD IPS com a resolução de 1334 x 750 no iPhone 8, e resolução de 1792 x 828 no iPhone 8 Plus, ambos com 326 ppi. Ambos suportam a gama de cores DCI-P3, o que significa cores mais vivas e vibrantes. (Afinal, o LCD do iPhone sempre foi tido como o melhor do mercado.)

Em termos de funcionalidades, também suporte o True Tone que podemos encontrar nos iPhones mais modernos.

Em suma, apesar do iPhone 8 não conseguir lutar em tamanho de ecrã com o iPhone XR ou iPhone 11. A qualidade está toda lá! Aliás, em termos de densidade de pixeis, o ‘velhinho’ 8 até ganha aos modelos mais recentes.



iPhone 8 em 2019 – Performance

apple

O SoC A11 Bionic foi a primeira tentativa da Apple de integrar uma rede neural num System-on-a-Chip. Resultando num processador capaz de um excelente desempenho e grande eficiência energética.

É claro que os mais recentes SoCs A12 e A13 são realmente melhores, contudo, não irá notar uma grande diferença de performance entre os modelos. O iPhone 8 é super fluído e rápido em todas as tarefas. E até é capaz de oferecer uma excelente experiência em jogos, como PUBG, Call of Duty ou Fortnite, com as definições gráficas no máximo.

Tudo graças à grande melhoria do A11 em relação ao SoC A10 do iPhone 7… Em vez de 4 núcleos, temos acesso a 6 núcleos físicos (2 de alta performance e 4 para eficiência).

Aliás, similarmente ao que a Huawei também faz nos seus Kirin, é possível utilizar todos os núcleos ao mesmo tempo, para um multi-tasking poderoso. Além disso, também podemos contar com o primeiro GPU ‘by Apple’, que impressionou bastante na altura.

Muito resumidamente, o SoC Apple A11 do iPhone 8 até ultrapassou alguns processadores da Intel desenhados para o mercado de PCs e Portáteis. Por isso, aqui pode estar descansado que está muito bem servido.

iPhone 8 em 2019 – iOS 13 e o Ecossistema Apple

com o iOS

Apesar do iPhone 8 ter chegado ao mercado em 2017, ao contrário do mundo Android, as atualizações são uma constante. Caso não saiba, o iPhone 6 de 2014 apenas perdeu acesso às atualizações em 2019.

Esta é sem dúvida uma das grandes vantagens do ecossistema Apple, o seu telemóvel vai estar sempre atualizado e seguro. Além disto, vai ter acesso a funcionalidades como o iMessage, FaceTime, Apple Pay, Apple Cash, Apple Music, Apple Arcade, etc… Isto já para não falar com a excelente ligação que existe com os restantes aparelhos Apple, como o Apple Watch, AirPods ou MacBook.

iPhone 8 em 2019: Conclusão

Os smartphones estão a ficar cada vez mais caros… Por isso, acaba por ser normal que os consumidores comecem a olhar para os modelos topo de gama dos anos anteriores. Que em boa verdade, continuam a ser uma excelente opção nos dias que correm.

Por isso, ao olhar para o iPhone 8 a 359,99€, é difícil dizer que não, especialmente se quer meter as mãos num Apple Watch, ou utiliza algo da Apple no seu dia a dia.

É claro que existem vários smartphones de gama média, e até de gama alta a preços aliciantes. Mas a verdade é que não existe nada como o ecossistema da Apple. Portanto, se realmente está na dúvida se deve ou não comprar o iPhone 8, pode estar descansado… Não vai ficar desapontado!

Até vos posso dizer, que usei um iPhone 6S durante 2 anos (foi o maior número de anos que estive sem trocar de smartphone), e este ainda continua a portar-se muito bem nas mãos da minha mãe.


Ademais, o que pensa sobre tudo isto? Partilhe connosco a sua opinião nos comentários em baixo.

mm
Nuno Miguel Oliveirahttps://www.facebook.com/theGeekDomz/
Desde muito novo que me interessei por computadores e tecnologia no geral, tive o meu primeiro PC aos 10 anos e aos 15 anos montei a minha primeira torre, desde aí nunca mais parei. Tudo o que seja tecnologia, estou na fila da frente para saber mais.

Mais deste autor

Relacionadas

Publicidadespot_img

Últimos artigos

Google TV vai dar canais premium de borla mas há um requisito!

O Google TV está realmente fantástico. Tem uma interface bem conseguida e que nos dá um rápido acesso a tudo aquilo que procuramos. No...

Netflix processada por causa de uma das séries mais vistas!

Tendo em conta que existem montes de séries na Netflix que foram realmente capazes de conquistar meio mundo, a verdade é que podem também...

Atenção para quem vai jogar FIFA 22! Existem 3 novos ícones!

Tal como acontece todos anos, parece que foram apresentados novos jogadores que de certa forma merecem ficar marcados no mundo do futebol. Sendo que...

Não perca nenhuma informação de última hora!

Registe-ne na Newsletter Leak e receba diariamente todas as informações no seu email!