Novo teste ao Snapdragon 855+ confirma excelente desempenho!

A Qualcomm lançou recentemente um novo chipset de topo que é uma espécie de update ao Snapdragon 855 e que foi batizado com o nome muito original de Snapdragon 855+. A atualização pode ser como muitos consideram um simples overclock. No entanto, está a resultar conforme comprova o mais recente teste no Geekbench.

Novo teste ao Snapdragon 855+ confirma desempenho extraordinário!

Isto foi confirmado graças ao novo Black Shark 2 que chegou a esta plataforma de testes com este chipset. Aparentemente este dispositivo será o grande concorrente do Asus ROG Phone II.

Com uma aposta no chipset Snapdragon 855 Plus, este dispositivo conquistou 11304 pontos nos testes multi-core. Este resultado está alinhado com o obtido pelo ASUS ROG 2 e confirma realmente que este é o chip mais rápido do mundo.

Snapdragon 855+

Entretanto, a Qualcomm mencionou que este chipset está otimizado para processamento 5G e Inteligência Artificial. Apesar disso, ainda nem vem com suporte para DDR5. Isto é realmente uma pena, uma vez que o novo módulo de 12GB que a Samsung anunciou não vai poder ser utilizado com este processador.

Ao nível de concepção, o Snapdragon 855 Plus tem os mesmos núcleos Kryo 485. A diferença é que operam a a 2.96GHz. Ou seja, acima da velocidade de 2.84GHz do Snapdragon 855. Entretanto, a placa gráfica Adreno 640 também obteve um aumento de 15% na velocidade.

A Qualcomm afirma que a atualização ao nível da placa gráfica faz deste um ótimo chipset para jogos. 

Ao contrário do que alguns utilizadores podem pensar, este processador não tem o novo modem X55. Isto é algo que faria todo o sentido, apesar de tornar o chipset muito mais caro. Dito isto, os fabricantes que desejarem utilizá-lo em smartphones 5G terão de instalar o modem X50 separadamente.

O Snapdragon 855+ deve começar a aparecer em alguns dispositivos ainda este ano. Embora não haja uma menção específica de fabricantes, não será muito difícil adivinhar. O Pixel 4 e o Pixel 4 XL são fortes concorrentes a esta integração, assim como o OnePlus 7T e o OnePlus 7T Pro. Também é muito provável que a Xiaomi que adora novidades o coloque no interior do Mi MIX 4.

O lançamento do Snapdragon 855 Plus chega sem dúvida numa boa altura, especialmente para ter uma palavra a dizer aos concorrentes. É que a Samsung prepara o Exynos 9825 da Samsung que alimenta a gama Galaxy Note10. Já a Huawei está a preparar o chipset Kirin 985 que dá vida ao Mate 30.

Fonte