Windows 10 diz adeus ao Internet Explorer e ao Edge!

A Microsoft matou a marca Internet Explorer devido ao Microsoft Edge que foi apresentado como um browser moderno para o Windows 10 em 2015. No entanto há medida que a base de utilizadores do novo sistema operativo foi aumentando e a do Windows 7 diminuindo o Edge não conseguiu acompanhar este ritmo. O Edge falhou devido a um conjunto de erros estratégicos e a Microsoft, mais tarde, decidiu abandonar o motor EdgeHTML pela plataforma open-source Chromium da Google.

Windows 10 diz adeus ao Internet Explorer e ao Edge

Em Janeiro de 2020, a Microsoft anunciou oficialmente o novo Edge baseado no Chromium. Para além disso introduziu novas funcionalidades. Falo do suporte para extensões do Chrome, temas, e separadores verticais. Tudo o que estava em falta na versão antiga conhecida agora como “Legacy Edge”.

Dito isto, o Chromium Edge já não está ligado aos updates bianuais do Windows 10 e as funcionalidades chegam ao novo browser num ciclo de seis semanas.

Microsoft Edge Internet Explorer

Hoje, a Microsoft confirmou que já não vai suportar o Legacy Edge com atualizações de segurança nem a correção de bugs. Este suporte vai terminar mais especificamente a 9 de Março de 2021.

Para além disso, a Microsoft também confirmou que vai colocar um ponto final no Internet Explorer 11 no Microsoft 365 dentro de um ano. Assim, a Microsoft vai deixar o suporte para o Teams no Internet Explorer a 30 de Novembro. Isto enquanto o resto dos serviços vão parar de suportar o browser a 17 de Agosto de 2021.

Ou seja, se o continuar a usar muito mais tempo, vai ter uma experiência com problemas em diversos serviços. Neles incluem-se o Microsoft Teams.

Edge

O Edge baseado no Chromium tem estado a ser implementado de forma gradual pelo Windows Update. Isto nos PCs que executam o Windows 10 versão 1709 e superiores.

Entretanto a Microsoft revelou que o Windows versão 20H2, que está prevista para o final do ano, virá pré-instalada com o novo browser pela primeira vez.

Em Março de 2021, quando a Microsoft abandonar o suporte para o Edge Clássico, é provável que toda a base de utilizadores que ainda insiste em usar este browser mude para o novo baseado no Chromium.

Fonte

mm
Bruno Fonseca
Fundador da Leak, estreou-se no online em 1999 quando criou a CDRW.co.pt. Deu os primeiros passos no mundo da tecnologia com o Spectrum 48K e nunca mais largou os computadores. É viciado em telemóveis, tablets e gadgets.

Mais deste autor

Relacionadas

Publicidadespot_img

Últimos artigos

Netflix perdeu contra a HBO! Primeira vez em muito tempo…

Foi um ano em cheio para as plataformas de Streaming. Sobretudo porque os cinemas se encontraram fechados durante muito tempo, devido claro está, à...

Sony tem um SSD pensado para a PS5, mas é caro à sorte!

Como deve saber, a Sony lançou finalmente uma atualização para a sua PlayStation 5, que por sua vez, permite a instalação de um SSD...

Fim-de-semana doido na Netflix! Aproveite os novos projetos!

Mais uma semana, e mais uma catrefada de grandes projetos que chegaram à Netflix. E como tal, iremos revelar-lhe aqui mais em baixo alguns...

Não perca nenhuma informação de última hora!

Registe-ne na Newsletter Leak e receba diariamente todas as informações no seu email!