A Intel ‘comprou’ uma comparação entre o i9-9900K e o Ryzen 2700X !?

Logo após o lançamento da sua nova 9ª geração de processadores Intel Core, a empresa apresentou uma comparação, a indicar que o novo i9-9900K é “até 50% mais rápido que o AMD Ryzen 7 2700X em jogos.

No entanto, parece que esta comparação foi feita ‘a pedido’ da Intel, com condições bastante favoráveis para a gigante Azul.

A Principled Technologies, contratada pela Intel, meteu o novo Intel Core i9-9900K contra vários processadores AMD Ryzen! Tudo numa tentativa de justificar o preço de 488$. (Sem cooler incluido.)

Pois bem, os resultados mostraram que o i9-9900K consegue ser até 50% mais rápido que o seu rival, o AMD Ryzen 2700X de 299$.

A Intel 'comprou' uma comparação entre o i9-9900K e o Ryzen 2700X !?

No entanto, apesar dos reviewers ainda estarem sob o NDA da Intel… Alguns olhos mais atentos repararam logo nos resultados estranhos do Ryzen 2700X e i7-8700K, com resultados bastante mais abaixo do que seria de esperar.

Aparentemente, alguns passos dos testes benchmark foram ‘mal feitos’…

Enquanto que vários elementos do teste foram feitos de maneira correta… Tal como a escolha do hardware, as drivers usadas, e até a resolução…

As condições para cada processador foram drasticamente diferentes! Visto que o Intel Core i9-9900K beneficiou de perfis XMP que permitiram melhores timings, enquanto que os Ryzen da AMD ficaram com as definições ‘stock’.

comparação entre o i9-9900k

Além disto, a Principled Technologies ativou o modo ‘AMD Game Mode’. (Criado com os Threadripper em mente, para tirar partido do seu número elevado de núcleos.)

O que acabou por reduzir o Ryzen 7 2700X para um CPU de 4 núcleos…

Esta foi a grande razão, que fez com que o Intel i9-9900K conseguisse ter mais 50% de performance no Ashes of the Singularity! (Um dos únicos jogos no planeta que utiliza todos os núcleos de um processador.)

A Intel já respondeu a toda esta polémica, dizendo que as reviews que estão prestes a chegar, vão provar que o Core i9-9900K é superior a toda a concorrência… No entanto, a resposta da Principled Technologies é um pouco mais compreensiva.

Primeiro, a empresa nega que tenha tido qualquer atitude desonesta. Segundo, já meteu um aviso na sua comparação! Mencionando que a metodologia de teste pode ter beneficiado significativamente os resultados para o lado da Intel.

E por fim, a empresa afirma que “está a repetir todos os testes, e que está confiante na sua metodologia e futuros resultados“.


Em suma, este assunto é realmente muito estranho… Será que a Intel ‘encomendou’ esta review, ou foi apenas incompetência dos reviewers? Partilhe connosco a sua opinião nos comentários em baixo.

Fonte

Não percas nenhuma novidade. Segue-nos no Instagram, no Facebook e no Twitter!