Mate 30
Mate 30 Pro com o seu ecrã Waterfall

A gama Huawei Mate 30/Pro foi oficialmente anunciada ontem num evento em Munique. Esta era sem dúvida uma apresentação muito esperada, até para se perceber o caminho que a Huawei resolveu seguir para dar uma resposta à guerra entre os Estados Unidos e a China e que impediu este fabricante de utilizar os serviços da Google no seu equipamento. Este dispositivo vai chegar ao mercado eventualmente em Outubro ou Novembro. Olhando para esta data resolvemos fazer um Huawei Mate 30 vs Mate 30 Pro.

Huawei Mate 30 vs Mate 30 Pro: vale a pena pagar mais?

As diferenças começam logo na parte frontal, que é como quem diz, no ecrã. Na parte frontal os dois Mate têm uma monocelha, mas não iguais. A do Mate 30 Pro é maior devido ao Face ID. De resto há muitas outras diferenças.

Mate 30 vs Mate 30 Pro: o ecrã e a monocelha

O Mate 30 Pro tem um ecrã de 6.53 polegadas. O ecrã é OLED e tem uma definição de 2400×1176 pixéis. É um ecrã em cascata em que as extremidades tem uma curvatura de quase 90º. Mais do que no Note 10 conforme referiu a Huawei.

vs Mate 30 Pro
Mate 30 Pro com o seu ecrã Waterfall

Em termos de design o Mate talvez brilhe menos por não ter o ecrã cascata. Dito isto, temos um ecrã plano com as dimensões de 6.62 polegadas. É AMOLED e disponibiliza uma resolução de 2340×1080 pixéis. Este dispositivo, como referi, conta com uma monocelha mais pequena, mas que ainda assim acomoda uma câmera de 24 megapixéis.

Mate 30 vs Mate 30 Pro: Chipset, Memória e Armazenamento

Aqui não existem grandes diferenças. Ao nível do chipset é exatamente o mesmo, ou seja, o Kirin 990 com suporte para 5G. PAra além disso, os dois têm 8GB de memória. O que muda é a capacidade de armazenamento. O Mate 30 tem 128GB, enquanto o Mate 30 Pro tem 256.

As câmeras

Nas câmeras já existem diferenças a assinalar. Embora a parte traseira não mude muito esteticamente os sensores mudam.

vs Mate 30 Pro

No caso do Mate 30 Pro o primeiro sensor tem 40 megapixéis e uma abertura de f/1.8. Depois temos um segundo sensor com a mesma definição, ou seja, 40 megapixéis, mas ultra grande angular. A abertura é de f/1.6. Logo a seguir está um sensor telefoto. Tem uma abertura de f/2.4 e à semelhança do anterior também suporta estabilização ótica de imagem. Para finalizar temos o sensor ToF, responsável pela análise de profundidade de campo.

vs Mate 30 Pro

Já no Mate 30 standard, temos um de 16 que se junta a outro de 40. De resto temos igualmente um sensor de 8. O que falha mesmo é o ToF.

Ao nível das selfies acabámos por referir uma das diferenças. No caso do Mate 30 Pro temos um sensor de 32 megapixéis. No caso do Mate 30 tem 24.

A Bateria

No campo da autonomia, o Mate 30 Pro vem com uma enorme bateria de 4.500 mAh. A ela juntam-se as tecnologias de carregamento sem fios de 27W o que é bastante bom, e carregamento com fios a 40W. Temos também o carregamento inverso, ou seja a possibilidade de carregar outros equipamentos que está agora 3x mais rápida.

Já a bateria do Mate 30 é de 4200 mAH. Para além de ter menor capacidade, embora seja pouco significativa, existe outra diferença. Não está presente o carregamento inverso.

Afinal qual a melhor opção para si?

Depende muito do que procura num smartphone. Quem não passa sem o ecrã curvo a que os mais recentes topos-de-gama nos têm habituado então o Mate 30 Pro é uma aposta obrigatória. No entanto, já conheci alguns utilizadores que não são fãs do género e preferem o fiel ecrã plano. Para essas pessoas o Mate 30 é sem dúvida uma melhor opção. Para essas e para quem não dispensa a saída de auscultadores de 3.5mm.

Se querem ter um topo-de-gama sem darem cabo do orçamento, existe uma diferença de preço substancial entre os dois equipamentos. De facto, a versão Pro custa mais 300 Euros. No entanto ao optarem pela versão standard perdem o desbloqueio 3D facial, o carregamento inverso, o tal ecrã curvo em cascata e também a resistência a água, salpicos e poeiras. Para além disso perdem uma capacidade superior de capturarem vídeo em câmera lenta com a maior qualidade.

A minha opinião em dez segundos. Se conseguirem a versão Pro é sem dúvida a melhor escolha. No entanto, se só vos for conveniente comprar o Mate e conseguem passar essencialmente sem o ecrã curvo, ficam igualmente com um grande topo-de-gama.

Leia também:

Huawei Mate 30/Pro é oficial: a grande muralha da China contra Trump?

Ainda vale a pena comprar um Smartphone Huawei?

Huawei Watch GT 2: O regresso aos smartwatches de qualidade!

Opinião) Lançamento Huawei Mate 30… Afinal, o que é que aconteceu!?!?