Huawei Mate 30/Pro é oficial: a grande muralha da China contra Trump?

A gama Huawei Mate 30/Pro foi oficialmente anunciada esta quinta-feira, 19 de setembro, num um evento em Munique. Esta era sem dúvida uma apresentação muito esperada, até para se perceber o caminho que a Huawei resolveu seguir para dar uma resposta à guerra entre os Estados Unidos e a China e que impediu este fabricante de utilizar os serviços da Google no seu equipamento. Até aqui os rumores eram muitos. Falou-se da possibilidade de instalação dos serviços da Google através da loja da Huawei, falou-se da existência de lojas alternativas. Mas afinal em que ficamos? Nas próximas linhas vamos contar tudo sobre as novidades que trazem estes equipamentos, possíveis datas de lançamento e também como vai funcionar o Android 10. Este artigo estará em atualização ao longo da próxima hora.

Huawei Mate 30/Pro: a grande muralha da China contra Trump?

Huawei Mate 30 Pro

Começando pelo design, a nova aposta da Huawei adotou um círculo na parte traseira onde resolveu acomodar as câmeras. A rodeá-lo está um anel de grandes dimensões. Embora se julgue que esta decisão pode estar relacionada apenas com aspetos estéticos não é bem assim. É que esta disposição melhora a captura de imagem. Ou seja, nada é por acaso.

Huawei Mate 30/Pro é

É neste círculo que estão as câmeras que vamos passar já a detalhar, uma vez que a fotografia é sempre um dos pontos fortes do equipamento da Huawei. O primeiro sensor tem 40 megapixéis e uma abertura de f/1.8. Depois temos um segundo sensor com a mesma definição, ou seja, 40 megapixéis, mas ultra grande angular. A abertura é de f/1.6. Logo a seguir está um sensor telefoto. Tem uma abertura de f/2.4 e à semelhança do anterior também suporta estabilização ótica de imagem. Para finalizar temos o sensor ToF, responsável pela análise de profundidade de campo.

Ainda no campo da fotografia, na parte frontal está uma câmera de 32 megapixéis com abertura f/2.0.

Com estas características não será difícil termos uma excelente capacidade de vídeo. Assim, logo à partida, podemos capturar vídeo 4K com sistema anti-tremideiras. Isto com a câmera traseira. Com a frontal podemos capturar vídeo FHD+. Entretanto existe o suporte para vídeo em super câmera-lenta a 1080p@960fps.

Já os modos de fotografia são muitos. Assim temos fotografia de alta-velocidade, fotos à noite com ultra-alta definição, enfim tudo aquilo que já podemos esperar num dispositivo que aposta muito na fotografia.

Na parte frontal o Mate tem uma monocelha. É mais pequena do que aquela que estava presente no antecessor e está perfeitamente integrada num ecrã de 6.53 polegadas. Acomoda a câmera para selfies e ainda um sistema de reconhecimento facial 3D. A propósito do ecrã, é OLED e tem uma definição de 2400×1176 pixéis.

Huawei Mate 30/Pro é

É um ecrã em cascata em que as extremidades tem uma curvatura de quase 90º. Mais do que no Note 10 conforme referiu a Huawei. Este painel dá muito jeito e especialmente esta curvatura. Se repararem este equipamento não tem os botões de volume físicos que normalmente encontramos. Isto é porque podemos usar a parte lateral do ecrã para este efeito.

Huawei Mate 30/Pro é

Outras características dão conta de 8GB de memória e uma capacidade de armazenamento que pode variar. Assim temos entre os 128 e os 256GB.

Isto leva-nos ao chipset.

O Kirin 990 é produzido com o mesmo processo de 7nm da TSMC que já deu origem ao Kirin 980, chegando ao mercado com uns impressionantes 10 mil milhões de transistores.

Huawei Mate 30/Pro é

Dentro do SoC, podemos encontrar dois núcleos de alta performance Cortex-A76 (2.36GHz), bem com dois núcleos de performance média (2.36GHz) e finalmente quatro núcleos para eficiência (1.95GHz). Para a performance gráfica, contamos com uma GPU Mali G76, sendo 6% mais rápida que a Adreno 640 do Snapdragon 855.

Huawei Mate 30/Pro é

O Mate 20 Pro e P30 Pro, equipados com o Kirin 980, impressionaram tudo e todos, quando chegaram ao mercado. No entanto, é provável que o Kirin 990 que irá dar vida ao Mate 30 Pro e P40 pro, impressione ainda mais. Afinal de contas, temos um chip de processamento de imagem ainda poderoso, sendo capaz de fotografias e vídeos ao nível de uma câmera DLSR. Para além disso temos também o suporte para conetividade 5G o que é sem dúvida uma mais valia!

No campo da autonomia, o Mate 30 Pro vem com uma enorme bateria de 4.500 mAh. A ela juntam-se as tecnologias de carregamento sem fios de 27W o que é bastante bom, e carregamento com fios a 40W.

Já que falamos de bateria temos de falar de outra característica deste equipamento, desde o Mate 20 Pro. Dito isto, temos o carregamento inverso, ou seja a possibilidade de carregar outros equipamentos que está agora 3x mais rápida.

Entretanto e no campo da segurança para além do sistema de Face ID temos um leitor de impressões digitais integrado no ecrã. Isto tem sido uma realidade desde o Mate 20 Pro. Está também presente no P30 Pro e agora no novo Mate.

Huawei Mate 30/Pro é

Huawei Mate 30

O Huawei Mate 30 pode não ter tantos elementos apetecíveis como o Mate 30 Pro. No entanto, também não deixa os seus créditos por mãos alheias.

Huawei Mate 30/Pro é

Em termos de design o Mate talvez brilhe menos por não ter o ecrã cascata. Dito isto, temos um ecrã plano com as dimensões de 6.62 polegadas. É AMOLED e disponibiliza uma resolução de 2340×1080 pixéis.

Este dispositivo conta com uma monocelha mais pequena, mas que ainda assim acomoda uma câmera de 24 megapixéis.

Deixou o sistema de reconhecimento facial 3D do modelo Pro de fora e assim conseguiu tornar esta parte do ecrã mais pequena.

Entretanto na parte traseira, o Huawei Mate 30, à semelhança da versão Pro, adota um módulo de câmera circular na parte traseira onde também estão quatro sensores. No entanto são inferiores aos da versão Pro, algo que não é propriamente uma surpresa.

Mais especificamente ao nível dos sensores e caso se lembrem do que referi à pouco, a versão Pro tem logo dois de 40 megapixéis. No caso do Mate 30 standard, temos um de 16 que se junta a outro de 40. De resto temos igualmente um sensor de 8. O que falha mesmo é o ToF.

Huawei Mate 30/Pro é

Ao nível do chipset do Huawei Mate 30/Pro é tudo igual.

Software – O que aconteceu ao Android? 

Os dois equipamentos foram oficializados com o sistema operativo Android 10 como se esperava. No entanto devido aos problemas com os Estados Unidos baseia-se numa versão open-source deste SO. Ou seja, para já, não teremos nada de serviços da Google.

Os preços

Quanto a preços o Huawei Mate 30/Pro é carote e está disponível a partir de 799 Euros. Já a versão Pro pode ser adquirida a partir dos 1099 Euros.

Leia também:

(Review) Huawei Mate 20 Pro: Ainda vale a pena passados tantos meses?

Veja outras notícias de tecnologia aqui e saiba também tudo sobre o mundo Android e Apple.

Gosta da Leak? Contamos consigo! Siga-nos no Google Notícias. Clique aqui e depois em Seguir. Obrigado!

Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.

Leia também

Deixe um comentário