Google investe na aplicação Google News

Muito se tem falado em serviços e de como a Apple tem investido nestes, tal como pretende investir no Apple News, agora chegam rumores que a Google pretende seguir o mesmo caminho e investir no Google News.

O Google tem como plano eliminar a aplicação Play Newsstand e investir no Google News, que deverá ser reformulado para incorporar elementos de mídia avançada do Google Play Newsstand e do YouTube, além da tecnologia por trás das Accelerated Mobile Pages (AMP).

google news

Este plano de investimento e de remodelação da aplicação deve ser divulgado na conferência I/O deste ano, que está para breve.

De acordo com o site AdAge, a empresa tem como objetivo reunir todos os serviços de notícias do Google. Utilizando o formato de revista digital do Play Newsstand, juntamente com a seção Notícias do YouTube, tudo na mesma aplicação.

Atualmente, a aplicação Google News é basicamente uma plataforma que tem como foco notícias ou artigos de sites. Fornecendo estas noticias num simples feed. Com a grande atualização, o Google espera apresentar todos os recursos que os utilizadores esperam de uma plataformas que depende de mídia avançada para fornecer conteúdo. Naturalmente, as AMP também terão um papel importante em tornar toda a experiência perfeita e semelhante a uma aplicação, e não a um site acedido por num computador.

Google segue ideia da Apple

Esta estratégia segue muito o que a Apple também pretende fazer com a sua aplicação de Apple News, onde vai juntar notícias e edições online de revistas bem conhecidas. Tudo isto mais tarde vai ser pago, e se quiserem ler vão ter de subscrever o serviço. Tal como acontece atualmente com o Apple Music.

Há ainda rumores de que o gigante tecnológica se está preparar para acabar com o Google Play Music quando o novo serviço de streaming de música YouTube Remix for lançado, tal como o futuro da sua aplicação de e-mail, o Inbox, devido às próximas atualizações do Gmail.

Com isto vemos a empresa a fazer uma “limpeza” nas suas aplicações. Muitas desta partilham recursos idênticos, logo a Google pretende juntar e organizar, cada vez mais os seus serviços numa aplicação própria para cada efeito.

Pode interessar:

Huawei está a preparar um smartwatch para jogadores!

iPhone X foi o mais vendido no primeiro trimestre de 2018

Google Now Launcher diz adeus a muitos dispositivos

Fonte

Gosta da Leak? Contamos consigo! Siga-nos no Google Notícias. Clique aqui e depois em Seguir. Obrigado!

Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.

Leia também

Deixe um comentário