Airfryers estão a ajudar a reduzir a conta da luz! Já fez a troca?

A fritadeira sem óleo tornou-se num dos aparelhos de cozinha mais populares nos últimos anos, especialmente porque para além de fritos pode cozinhar muitos outros alimentos. De facto, de uma forma semelhante ao que se passa com um forno. Um dos grandes pontos de venda das também conhecidas por Air Fryers é que são bastante mais saudáveis. Mas na realidade são uma espécie de forno. Pelo menos na forma como trabalham. Mas entre Fritadeira sem óleo (Air Fryer) ou Forno qual gasta mais? A resposta mais rápida que lhe podemos dar é que as Airfryers estão a ajudar a reduzir a conta da luz.

Airfryers estão a ajudar a reduzir a conta da luz! Já fez a troca?

O funcionamento da Air Fryer é muito semelhante ao de um forno convencional. Dito isto, temos um elemento de aquecimento e, em seguida, uma ventoinha para mover rapidamente o ar quente em torno da comida. Os fornos de ventilação fazem o mesmo, mas como são maiores, o ar quente não se move tão rapidamente.

Mas se quiser poupar energia, qual é a melhor escolha – uma fritadeira sem óleo ou um forno?

Que eletricidade utiliza uma fritadeira sem óleo?

Uma fritadeira normalmente utiliza entre 1,4 kWh e 1,8 kWh de eletricidade a cada hora que está ligada. Considerando que a maioria das receitas para uma fritadeira tem um tempo de cozedura de 15-20 minutos, isso significa que normalmente usaria entre 0,35 kWh e 0,6 kWh de eletricidade. As fritadeiras são rápidas e poderosas, por isso cozinham a comida rapidamente.

Fritadeira sem óleo

Na realidade as fritadeiras de ar quente não utilizam muita eletricidade em comparação com outros dispositivos de cozedura, incluindo fornos. Normalmente, utilizam cerca de metade da energia de um forno convencional, e uma quantidade semelhante de energia atribuída a uma fritadeira sem óleo. Já se compararmos as Air Fryers com um micro-ondas utilizam o dobro da potência.

Uma fritadeira sem óleo utiliza menos eletricidade do que um forno?

Sim mas nem sempre. As fritadeiras tendem a usar entre 1400 e 1800 watts de potência, enquanto um forno utilizará entre 2000 e 5000 watts de potência. Mais especificamente a fritadeira de ar em média utiliza 1700 watts enquanto o forno em média utiliza 3000 watts. Assim a resposta curta é que as fritadeiras usam menos energia.

Ou seja, se estiver a comparar os alimentos que pode cozinhar em qualquer um dos dois, uma fritadeira será sempre a opção mais económica.

Air Fryer

Isto não só porque a fritadeira usa menos energia enquanto está ligada, mas porque também cozinha os alimentos mais rápido. Assim não temos de a deixar ligada tanto tempo. Também não precisa de aquecimento.

No entanto, não são perfeitas para todas as situações, e se precisar de cozinhar vários pratos ou lotes maiores de alimentos. Nestes casos um forno pode usar menos eletricidade já que pode fazer tudo de uma vez, em vez de ter que usar uma fritadeira várias vezes.

O custo das airfryers vs forno

O custo de funcionamento de uma fritadeira, contra a de funcionamento de um forno, dependerá do que estiver a usar para cozinhar – mas, em geral, uma fritadeira de ar é mais rápida e utiliza menos energia.

Vamos usar as batatas fritas como exemplo porque são um dos alimentos mais comuns.

A fritadeira de ar média utiliza 1700 watts de potência (ou 1,7 kilowatts).

Normalmente, só é necessário cozinhar batatas fritas durante cerca de 15 minutos, o que significa que só utilizamos um quarto dessa energia – 0,425 kilowatt-hora.

Assumindo um custo médio de eletricidade de 0,14 cêntimos por kWh. Isto significa que cozinhar uma porção de batatas fritas na fritadeira custa pouco menos de 6 cêntimos.

Forno

O forno convencional utiliza cerca de 3000 watts de potência (ou 3 quilowatts).

Normalmente, as batatas fritas têm um tempo de cozedura de cerca de 20 minutos num forno, mas é quando se pré-aquece à temperatura certa. Vamos supor que precisa de ligar o forno durante 25 minutos.

Isto dá uma potência total usada para o forno de 1,25 kilowatt-hora, o que a este custo médio de 14 cêntimos por kilowatt hora, significa que a mesma porção de batatas fritas custa 17,5 cêntimos para cozinhar – quase o triplo do custo.

Vale a pena comprar uma fritadeira sem óleo?

As fritadeiras de ar valem definitivamente a pena comprar. Mas atenção. Olhe para o tipo de comida que gosta de comer e veja se uma fritadeira vai ser capaz de ajudar. Em alguns casos não.

Quanto a custos de eletricidade se utilizar uma fritadeira diariamente, pode poupar algures entre 10 a 15 Euros por ano nas faturas de eletricidade face ao forno.

Mas os benefícios não são apenas económicos. A comida cozinha mais rapidamente, o que pode economizar tempo valioso.

Entretanto clique aqui para seguir a Leak no Google Notícias e ficar a par de todas as informações mais importantes. Pode também subscrever aqui a nossa Newsletter e receber as notícias no seu e-mail.

mm
Bruno Fonseca
Fundador da Leak, estreou-se no online em 1999 quando criou a CDRW.co.pt. Deu os primeiros passos no mundo da tecnologia com o Spectrum 48K e nunca mais largou os computadores. É viciado em telemóveis, tablets e gadgets.

Especiais

Subscreva a Newsletter Leak

Não perca nenhuma informação importante! Subscreva a newsletter Leak e receba todas as notícias, destaques e outras informações importantes no seu e-mail.