Samsung faz o pleno na Rússia e afasta toda a concorrência

2020 trouxe muitos desafios. Quando pensávamos que estava tudo bem e que as coisas ainda iam melhorar levámos com uma pandemia que veio mudar para sempre as nossas vidas. O confinamento tão necessário gerou muita crise e todos os mercados se ressentiram. O de smartphones não é exceção. De facto, as empresas sofreram grandes perdas nos primeiros seis meses do ano. No entanto, começaram a recuperar no terceiro trimestre deste ano. Aliás já falámos disto ontem na Leak. Agora que estamos perto do fim de 2020, os fabricantes querem manter este bom momento. A Samsung está a fazer tudo o que pode e até conseguiu o pleno na Rússia.

Samsung faz o pleno na Rússia e afasta toda a concorrência

A Huawei tem sido uma das empresas que sofreu grandes perdas em 2020. No entanto, isto não se deve apenas à pandemia. Tem realmente a ver com a embirração dos Estados Unidos ao nível do software e hardware. A perseguição de Trump colocou a gigante chinesa numa espiral descendente. E se até aqui ainda conseguia manter a liderança no mercado russo, agora tudo mudou. É que de acordo com a Counterpoint Research, a Samsung ultrapssou a Huawei durante o terceiro trimestre de 2020 e tornou-se no líder do mercado russo de smartphones.

Samsung Rússia

A Huawei ocupou sempre a primeira posição no trimestre anterior. No entanto, devido a muitas razões, a situação mudou e a Samsung continuou a reinar.

Ainda assim durante o terceiro trimestre, a Huawei teve uma grande influência no mercado online russo.

A empresa viu a sua presença no mercado de vendas online crescer de 25,5% no terceiro trimestre de 2019 para 27,8%. Da mesma forma, a Samsung perdeu influência no mercado online caindo para 26,3%. Há um ano, a empresa sul-coreana tinha uma margem bastante confortável de 37,6%. A Samsung perdeu para a Huawei e a Xiaomi na categoria de vendas online. No entanto, a empresa coreana vendeu muito bem nas lojas e isso compensou o que perdeu on-line.

Apesar da liderança da Huawei, os canais online e offline da Samsung ainda têm o maior lucro combinado. Os smartphones mais populares da empresa no país são o Galaxy A51 e o Galaxy A31. Isto não é uma grande surpresa, afinal, o Galaxy A51 ainda é um dos dispositivos de maior sucesso desta empresa em 2020. Aliás, por cá, está esgotado em muitas lojas.

De acordo com analistas do setor, o mercado russo está a recuperar muito bem e os topos de gama estão a ganhar força. No entanto com o passar do tempo a Samsung vai ter de se preocupar com muitas marcas chinesas que estão a caminho da Rússia.

mm
Bruno Fonseca
Fundador da Leak, estreou-se no online em 1999 quando criou a CDRW.co.pt. Deu os primeiros passos no mundo da tecnologia com o Spectrum 48K e nunca mais largou os computadores. É viciado em telemóveis, tablets e gadgets.

Mais deste autor

Relacionadas

Publicidadespot_img

Últimos artigos

Google TV vai dar canais premium de borla mas há um requisito!

O Google TV está realmente fantástico. Tem uma interface bem conseguida e que nos dá um rápido acesso a tudo aquilo que procuramos. No...

Google Maps: atenção navegação por voz parece assombrada!

O Google Maps é sem dúvida uma excelente aplicação de navegação. Funciona muito bem e vai ficar ainda melhor graças a muitas novidades que...

Samsung “apanhada” nos SSDs? Resposta? Baixa de preços!

Com a disseminação do armazenamento PCIe 4.0, na forma de muitos (e bons) SSDs NVMe, os antigos mas ainda muito rápidos e fiáveis SSDs...

Não perca nenhuma informação de última hora!

Registe-ne na Newsletter Leak e receba diariamente todas as informações no seu email!