Cuidado com os assassinos da sua rede Wi-Fi! Fuja deles!

Todos os equipamentos dependem cada vez mais da Internet. São exemplo disso TVs, Consolas, Computadores, Boxes, e até aparelhos que temos na cozinha. Em comum têm o facto de na maioria dos casos recorrerem a uma rede Wi-Fi. É por esse motivo que ela tem de estar a funcionar da melhor forma possível. Por esse motivo tenha atenção a estes assassinos da sua rede Wi-Fi!

Cuidado com os assassinos da sua rede Wi-Fi! Fuja deles!

Router no chão ou muito baixo

Não coloque o router no chão. Deve afastá-lo do chão até uma altura de pelo menos um metro e meio se possível. Veja as coisas como uma lâmpada. Quando a ligamos queremos que brilhe o mais possível, e não alumie apenas o chão. Isto é um princípio básico. Quanto mais alto estiver o router melhor será. Isto porque terá menos interferências e obstáculos para ultrapassar.

Mas não é só a altura que é importante. Se possível, coloque o seu router no centro da sua casa. Os routers enviam sinais sem fios em todas as direções, por isso, estrategicamente, colocar o seu router numa localização central ajudará a manter a sua ligação nos limites da sua casa. Para além disso até podemos conseguir ter melhor sinal em determinadas divisões.

rede wi-fi do router

Algumas pessoas mesmo que tenham a possibilidade de colocar o router numa parte mais central da casa por terem as ligações necessárias, preferem colocá-lo num canto da sala ou num sítio onde fica esteticamente melhor mas mais perto da parede que dá acesso à casa do vizinho. Isto é um erro. Não só estamos a tentar outras pessoas a terem acesso à nossa Internet como acabamos por ter falhas de ligação em determinados pontos da casa. Assim evite fazer isto porque pode prejudicar a sua rede Wi-Fi.

- Advertisement -

Colocar o router Wi-Fi junto à TV

Há muitas pessoas que colocam o router da operadora perto da TV por razões óbvias. A maioria tem uma Smart TV com acesso a muitos serviços de streaming e partimos do princípio que quanto mais perto estiver do router melhor será. Para além disso, em muitos casos, é onde os instaladores o colocam. No entanto isto é na realidade um erro.

Embora o princípio em relação à TV esteja correto, ou seja, quanto mais perto do router melhor velocidade, há um problema e de facto não é boa ideia fazer isto.

O Wi-Fi utiliza ondas de rádio para transmitir o sinal de Internet pela nossa casa. Ora estas ondas rádio estão sujeitas a muitas interferências. Especialmente por parte dos dispositivos eletrónicos onde estão incluídas as TVs.

Outra razão pelas qual não devemos colocar o router perto da TV é porque pode obstruir o sinal Wi-Fi. É verdade que os sinais podem passar pela TV. Mas todo o metal que existe no interior vai degradar a força do sinal. Se não tiver outra escolha, uma vez que a instalação da sua casa não o permite colocar noutro lado, então o ideal será estar a cerca de 180 cms.

Esconder o router

Por questões estéticas até é bonito esconder-se o router. No entanto não é lá muito boa ideia. Ao colocarmos este equipamento dentro de um móvel vamos estar a adicionar entraves à transmissão do sinal Wi-Fi.

Não reiniciar o router

A maioria dos routers mais recentes não precisam de ser reiniciados regularmente. Mas, como a maioria das pessoas sabe por vezes pode ser importante para restaurarmos a nossa ligação e conseguirmos melhor velocidade. Entretanto, neste campo, quem tem alguns equipamentos mais avançados ou firmwares como o DD-WRT têm uma vantagem. Podem agender reinícios para determinadas horas. Por exemplo, pode programar o router para reiniciar quando está a dormir, por exemplo, às quatro ou cinco da manhã

No entanto, se se encontrar a reiniciar regularmente o router, as opções de firmware DD-WRT e Tomato têm opções de reinicialização cronometradas. Desempare-o uma vez por dia enquanto dorme, e nunca vai notar o tempo de inatividade enquanto o router desliga e recomeça.

Vampiros da Internet

Em alguns artigos da Leak, sobretudo nos relacionados com a poupança de luz, já falámos de uma coisa chamada Vampiros de Energia. Na prática são dispositivos que sugam muita energia elétrica e nem sequer nos apercebemos. Aliás só damos conta quando vemos a conta da luz. No caso da Internet também existem o que podemos chamar de Vampiros da Banda Larga.

router wi-fi tirar velocidade

Descobrir os vampiros que sugam a nossa velocidade de rede nem sempre é uma tarefa fácil. No entanto também não é impossível. Quem nos pode ajudar a descobrir é o router.

Claro que nem todos irão mostrar os equipamentos que estão ligados. Mas a maioria sim. Depois de identificar tudo o que está ligado à sua rede e de perceber a que categoria pertencem vamos olhar para o que pode gastar cada um.

Dispositivos de Streaming

Os dispositivos de streaming podem ocupar muita da velocidade de rede. Sobretudo se estiver a ver conteúdos em 4K. Imagine que está no quarto a ver um serviço de streaming e o seu filho está na sala a ver YouTube que é o que normalmente acontece cá por casa. Ora isto é mais que suficiente para deixar a rede lenta.

O que algumas pessoas fazem para evitar este problema é baixar a qualidade de visualização. No entanto se não estiver a utilizar o computador para downloads ao mesmo tempo e em que necessite mesmo da velocidade, não deverá fazê-lo. Afinal de contas todos queremos tirar o máximo partido da resolução da TV.

Câmaras de segurança

Muitas pessoas têm câmaras de seguranças em casa, sejam as do Google Nest ou outras quaisquer, não se apercebem do que podem gastar. Mas a verdade é que gastam mesmo muito tráfego. Sobretudo porque vários modelos recorrem à cloud para armazenarem as gravações.

As novas câmaras Nest, por exemplo, podem usar entre 100 a 400 GB por mês e por câmara. Assim não é de estranhar que atrasem a velocidade de rede.

Actualizações do Windows

O Windows, por defeito, utiliza um sistema peer-to-peer para optimizar as actualizações. Ou seja, os computadores com Windows ligam-se entre si com um único propósito, para partilhar rapidamente os dados de actualizações do Windows através da Internet.

As pessoas que querem manter toda a largura de banda talvez queiram desativar esta forma de partilha. Aliás há pessoas que desativam as atualizações automáticas do Windows para este efeito.

Actualizações Automáticas dos jogos

Mesmo que não jogue alguns títulos que estão instalados não se esqueça que eles podem receber atualizações de forma automática, especialmente se as receberem através de algum serviço. A questão é que elas podem ser realmente muito grandes e em muitos casos nem sequer nos apercebemos de que os estamos a descarregar.

call of duty

Só para ter uma ideia da dimensão muitas actualizações do Call of Duty, pesam frequentemente entre 10-30GB. Uma no ano passado até chegou a pesar 40GB.

Para que isso não lhe aconteça pode desativar as actualizações automáticas e passar a fazer tudo de uma forma manual. Tudo pela saúde da sua rede Wi-Fi.

Entretanto clique aqui para seguir a Leak no Google Notícias e ficar a par de todas as informações mais importantes. Pode também subscrever aqui a nossa Newsletter e receber as notícias no seu e-mail.

mm
Bruno Fonseca
Fundador da Leak, estreou-se no online em 1999 quando criou a CDRW.co.pt. Deu os primeiros passos no mundo da tecnologia com o Spectrum 48K e nunca mais largou os computadores. É viciado em telemóveis, tablets e gadgets.

Especiais

Subscreva a Newsletter Leak

Não perca nenhuma informação importante! Subscreva a newsletter Leak e receba todas as notícias, destaques e outras informações importantes no seu e-mail.