Qualcomm está a patrocinar uma campanha contra a Apple?


Por em

Vivemos tempo preocupantes. O mercado dos dispositivos eletrónicos está ao rubro e os fabricantes geram milhões com os mais diversos produtos. Neste campo, os smartphones estão na lista dos equipamentos mais procurados. Isto leva as marcas a quererem fazer mais e melhor. No entanto todo este fervilhar leva a muita concorrência. Por vezes os fabricantes utilizam várias táticas para conseguirem vencer os opositores.

Mark Zuckerberg e Tim Cook: uma relação complicada

Uma notícia avançada ontem pelo conhecido jornal New York Times abordou o funcionamento do Facebook e vários aspetos relacionados com esta empresa. O artigo fala de vários problemas. A fraca resposta ao abuso russo da sua plataforma durante as últimas eleições. A relação de Mark Zuckerberg com Tim Cook e muito mais. Para além disso, também está referido no artigo que o Facebook trabalhou com uma empresa de relações públicas, a Definers Public Affairs, para fazer passar informações negativas acerca da concorrência.

Fundos que chegaram a esta empresa de relações públicas

Um ponto de destaque é que esta tal empresa de relações públicas recebeu fundos de um fabricante de tecnologia para passar informações negativas da Apple. A propósito disto, uma nova notícia da Business Insider revelou a identidade dessa empresa. Surpresa das surpresas, trata-se da Qualcomm.

Nas informações avançadas por esse meio de comunicação a Qualcomm é também cliente dessa firma de comunicação e é de facto a empresa a que a fonte do New York Times se refere. A mesma alegação é feita pela NBC News.

Uma tentativa de colocar histórias sobre a Apple a circularem no mercado

O jornalista Kif Leswing do Business Insider afirmou que foi abordado pelo responsável da agência para falar de um possível caso abordando as multas que a Apple teria de pagar devido ao braço de ferro com a Qualcomm. Para além disso, este jornalista revelou ao mundo que outros colegas também foram abordados para escreverem artigos deste género.

Isto no fundo é o resultado de uma batalha legal onde a Apple e a Qualcomm estão envolvidas e em que o gigante da maçã deixou de recorrer a este fabricante como fornecedor dos modems. Entretanto, a Qualcomm acusou recentemente a Apple de revelar a sua tecnologia à Intel, uma alegação que a Apple nega.

Leia também

Ou veja mais notícias de Android

Acompanhe ao minuto as últimas noticias de tecnologia. Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.
Etiquetas
Anterior

Nolotil – Um medicamento banido lá fora mas disponível em Portugal?

OPPO A7 oficializado: Tudo o que precisa de saber

Seguinte