Poderá a Huawei sobreviver no mercado sem a Google!?

Huawei Android

As notícias de ontem, acerca do corte de relações da Google com a Huawei, ainda não caíram bem na alma dos fãs dos smartphones da marca… Nem de quem gosta de ter um mercado livre, e liberdade de escolha.

Afinal de contas, a Huawei começou 2019 com números explosivos, e até se encontrava numa autêntica missão, para destronar a Samsung do trono de maior fabricante de telemóvel do mercado…

No entanto, sem o suporte da Google, parece que estamos agora a olhar para uma missão impossível.



Este é sem dúvida um dos momentos mais marcantes do mundo dos smartphones! Especialmente, no mundo Android

Claro que tudo isto poderá ser apenas uma tática da administração de Donald Trump, para vencer usando o medo e o choque! Demonstrando ao governo Chinês, que os Estados Unidos não tem medo de tomar decisões difíceis, para atingir os seus objetivos.

Mas em boa verdade, também pode ser uma decisão final… E assim, a Huawei poderá ficar na lista de Trump, indefinidamente. O que claro está, nos faz pensar, no que irá acontecer no futuro da fabricante, e também, se outras fabricantes Chinesas, irão também ser alvo desta jogada destruidora. (Cuidado Xiaomi, Lenovo e OnePlus!)

Dito isto, como já deve saber, a Huawei perdeu o acordo de licenciamento que tinha com a Google, para o uso dos serviços Google Play, e consequentemente da loja Play Store, nos seus smartphones.



Como já dissemos ontem, quem já tem um smartphone Huawei, não irá perder os serviços da Google… Mas vai perder toda e qualquer atualização que a Google lance para o Android!

Contudo, a Huawei já anunciou que vai continuar a lançar atualizações de segurança.

Isto é devastador para o departamento ‘Mobile’ da Huawei!

Huawei P30

Claro que a Huawei pode sempre utilizar a versão open-source do Android… Mas a verdade, é que um telemóvel Android sem apoio da Google, não tem qualquer utilidade no mercado.

Afinal de contas, na Europa já vimos fabricantes a tentar entrar no mercado com smartphones brutais a nível de especificações técnicas… Mas sem a Google Play Store, nada feito!

Ou seja, a Google tem um poder de mercado enorme, graças ao seu ecossistema, que com o passar dos anos, apenas se tem tornado mais forte.

Ainda assim, temos de mencionar, que na China, a Huawei já opera sem o apoio da Google!

É que caso não saibam não existe Google na China!

Mas mesmo assim, até em ‘sua casa’, a Huawei irá sofrer, visto que a sua concorrência irá conseguir meter as mãos nas versões mais recentes do Android, de forma muito mais rápida. (Visto que a fabricante terá de esperar que o código fonte da versão AOSP, seja disponibilizada ao público)

Muito resumidamente, não existe qualquer ponto positivo, para a Huawei, em toda esta situação.

Ainda se lembra de todos os rivais do Android, que ‘falharam’ ao longo dos anos?

Neste cemitério, encontramos o Windows Phone, MeeGo, Symbian, Bada (Tizen), PalmOS e BlackBerry OS. Não há espaço para um terceiro sistema operativo no mercado, além do iOS e Android.

No meio de tudo isto, a Huawei arranjou coragem, e já veio a público falar sobre toda a situação!

Huawei

A resposta oficial da Huawei, salienta todas as contribuições da fabricante, para o mundo Android. Garantindo que todos os telemóveis Huawei e Honor, irão continuar a receber atualizações de segurança.

Além disso, existe ainda a promessa de continuação na construção de um ecossistema de software seguro e estável. (Curiosamente, não existe qualquer menção ao Android)

É cada vez mais óbvio, que a Huawei já estava a contar com isto… No entanto, não me parece que a empresa estivesse 100% pronta para lidar com todas as complicações que advém desta decisão.

É verdade que o CEO Richard Yu, já disse no passado, que existe um Sistema Operativo em desenvolvimento, nos laboratórios da empresa… Mas num mundo em que nem a Amazon foi capaz de convencer os ‘devs’ a trabalhar na sua plataforma. É provável que a Huawei não tenha grande hipotese de sucesso.

Portanto, a única hipotese de sucesso da Huawei, é mesmo que o governo Chinês e o governo Norte Americano, cheguem a alguma espécie de acordo!

Ou seja, para a Huawei continuar a lutar no mercado de smartphones, precisa de apoio da Google, e para ter o apoio da Google, a China precisa de fazer as ‘pazes’ com Donald Trump. (O que não parece muito provável, tendo em conta as características de liderança, do presidente Trump)

O que poderá acontecer, se a guerra comercial entre os Estados Unidos e China continuar?

No pior dos casos, se esta proibição continuar, a Huawei irá muito provavelmente fazer um ‘all-in’ no seu sistema operativo… E quer esteja pronto ou não, deverá ser lançado já em Outubro, com a gama Mate 30.

Huawei Mate 30

Isto já para não falar, que todos os que acabaram de comprar um smartphone da gigante Chinesa, vão ter direito a zero atualizações do seu sistema operativo… O que no fundo, é algo inesperado, e que provavelmente, deixa de refletir o preço real do aparelho.

Dito isto, é óbvio que sem o apoio da Google, é impossível para a Huawei, comercializar os seus smartphones, como tem feito até aqui!

Será que vamos assistir a um retrocesso na estratégia da empresa, baixando o preço dos seus aparelhos!? Continuando com a aposta nas especificações, para dar a volta à situação.


Ademais, o que pensa sobre tudo isto? Partilhe connosco a sua opinião, nos comentários em baixo.

Fonte