Huawei está a preparar o seu próprio sistema operativo


Por em

A Huawei está a trabalhar num sistema operativo alternativo ao Android. Segundo o jornal South China Morning Post (SCMP), que cita “quatro pessoas familiarizadas com os planos da empresa”, o novo sistema operativo para dispositivos móveis já está a ser desenvolvido desde 2012.

Esta informação chega depois de alguns relatos de que a Huawei está a ser investigada pelos EUA por violar sanções contra o Irão. Caso isto se confirme, seria a segunda vez nas últimas semanas que uma marca chinesa foi acusada de vender equipamentos ao Irão, violando as leis de comércio dos EUA.

Lembramos que a ZTE está a enfrentar uma proibição de utilização de tecnologia americana durante sete anos devido à venda de equipamentos ao Irão. Isto pode significar a proibição da utilização de processadores da Qualcomm. Ao mesmo tempo a ZTE pode deixar de ter acesso ao sistema operativo Android.

O que é certo é a que esta proibição imposta à ZTE fez com que o governo chinês intensificasse os seus ambiciosos planos no que diz respeito à indústria doméstica de semicondutores.

sistema operativo

O projeto referente ao sistema operativo da Huawei para dispositivos móveis teve início depois dos  EUA terem iniciado uma investigação contra este fabricante e contra a ZTE. Segundo fontes próximas da Huawei, este projeto foi iniciado pelo fundador Ren Zhengfei de modo a que Huawei esteja preparada para os “piores cenários possíveis”. No entanto, esta plataforma ainda não foi apresentada ao mundo, uma vez que ainda não se encontra ao nível do sistema operativo Android.

Esta não é a primeira vez que se fala de um sistema operativo da Huawei para dispositivos móveis. Já em 2012 o fundador da Huawei havia confirmado que estavam a trabalhar na sua própria plataforma, devido a considerações estratégicas.

Mais tarde, em 2016, o jornal The Information referiu que a empresa chinesa estava a desenvolver o seu próprio sistema operativo.

Com as investigações americanas que estão em curso, os próximos tempos podem ser complicados para os fabricantes chineses de dispositivos móveis. No entanto a Huawei parece levar vantagem sobre todos os outros. É que esta empresa já desenvolve os seus próprios processadores móveis, os Kirin, que são sem dúvida muito eficazes e em nada ficam a dever às apostas americanas.

Leia também

Ou veja mais notícias de Android

Acompanhe ao minuto as últimas noticias de tecnologia. Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.
Anterior

LumiWatch: O smartwatch onde o ecrã é a sua pele (Vídeo)

RAM – Fabricantes processadas devido a combinação de preços

Seguinte