Pirataria e IPTV ilegal em crescimento! De quem é a culpa?

O COVID-19 arruinou a indústria do cinema, afinal de contas, temos todo o tipo de produções a sofrer adiamentos nas filmagens e pós-produção, isto já sem falar dos filmes já finalizados que tiveram de ser adiados como 007… Além de tudo isto, não nos podemos esquecer do aumento massivo na pirataria de filmes! E também do aumento das subscrições de serviços de IPTV ilegal, capazes de oferecer aos seus utilizadores centenas de filmes ‘on-demand’.



Pirataria e IPTV ilegal novamente em crescimento! De quem é a culpa?

Pirataria

Portanto, como já deve ter percebido, os estúdios estão a tentar arranjar formas de salvar os seus investimentos, ao meter os seus projetos nas plataformas de streaming mais populares do mercado. Como foi o caso da Disney, que meteu “Mulan” a cerca de 30$ no seu recente serviço “Disney+”.

Contudo, além da vergonha que é pedir 30$ por um filme numa plataforma que por si só já é paga todos os meses… Isto traz uma grande desvantagem para as estratégias dos estúdios. Os filmes ficam disponíveis em alta qualidade na Internet, ao mesmo tempo que saem (ou deveriam sair) nas salas de cinema. Em suma, é muito mais fácil fazer uma cópia ilegal, e posteriormente partilhá-la na Internet.

Afinal de contas, apesar da pirataria do mundo do cinema ser sempre um fantasma atrás dos estúdios. A verdade é que num mundo ‘normal’, um filme é lançado primeiramente nas salas de cinema, sendo muito difícil para os piratas meter as mãos em cópias HD do mesmo. A grande maioria dos fãs não quer ver gravações de câmeras de baixa qualidade que os piratas levam para as salas de cinema. Por isso a grande maioria espera pelos DVDRips ou BRRips. Contudo, se os planos dos grandes estúdios forem para a frente, estas estratégia vão obviamente mudar, visto que os filmes entram logo na qualidade máxima nos serviços de partilha! (No mesmo dia em que o filme é lançado!)

De quem é a culpa?

Na minha opinião pessoal, a pirataria nunca irá morrer. No entanto, poderia ser mais fácil para os utilizadores ver um filme, se não tivessem de pagar os preços exorbitantes que os estúdios estão a pedir. 30$ para ver a Mulan? A sério Disney? Isto é basicamente pedir que o pessoal saque o filme da net.

Se há coisa que os descontos da Steam e Epic Games Store têm demonstrado. E que até a Netflix também tem demonstrado… É que os utilizadores não têm qualquer problema de pagar para ter conteúdo de qualidade! Desde que o preço seja justo!


Ademais, o que pensa sobre tudo isto? Partilhe connosco a sua opinião nos comentários em baixo.

Não perca nenhuma informação importante. Siga-nos no Google Notícias. Clique aqui e depois em Seguir ou no símbolo da estrela no canto superior direito.

Subscrever

Outros artigos

Apple acha que o capacete VR vai envergonhar o iPhone!

Esta não é a primeira vez que ouvimos dizer...

YouTube Music facilita voltarmos a ouvir algumas músicas

Grande parte do sucesso das plataformas de streaming deve-se...

Google Maps: saiba o que representam todas as cores

As cores no Google Maps têm significados diferentes e...

Como enviar mensagens SMS a partir do computador

Na correria do dia-a-dia todos os segundos contam e...

Intel Pentium 5: Esteve prestes a ser uma realidade!

Ainda se lembra do tempo dos processadores Pentium da...
mm
Nuno Miguel Oliveirahttps://www.facebook.com/theGeekDomz/
Desde muito novo que me interessei por computadores e tecnologia no geral, tive o meu primeiro PC aos 10 anos e aos 15 anos montei a minha primeira torre, desde aí nunca mais parei. Tudo o que seja tecnologia, estou na fila da frente para saber mais.