Nokia 125 e 150 chegam ao mercado por 26 e 32 Euros

Em abril, os Nokia 125 e 150 da HMD Global chegaram à Internet pela primeira vez. Posteriormente eles foram revelados oficialmente em meados de maio. Agora, estes dois equipamentos foram lançados na China por 26 e 32 Euros respetivamente.

Nokia 125 e 150 chegam ao mercado por 26 e 32 Euros

Tanto o Nokia 125 quanto o Nokia 150 possuem um ecrã a cores TFT LCD de 2,4 polegadas QVGA com 240 x 320 pixéis. O corpo como não é de estranhar é em policarbonato. Por este preço não seria de esperar muito mais. Estes dispositivos estão limitados à conetividade 2G. Entretanto existe suporte para SIM duplo e espera dupla.

No interior também não temos nada de impressionante. Afinal trata-se de um feature phone. Assim, podemos contar com um processador MediaTek que não foi relevado que se junta a 4MB de RAM e 4MB de ROM. É alimentado por uma bateria amovível de 1020 mAh. Entretanto são carregados através de uma porta Micro USB. Também não podíamos esperar uma USB-C Tipo C dadas as circunstâncias.

Nokia 125

Por ser um modelo mais barato, o Nokia 125 não possui a câmara VGA que está presente no Nokia 150. No entanto, os dois possuem um flash LED e suportam rádio FM sem fios. O rádio é sem dúvida uma coisa que dá jeito e tantas pessoas pedem, até nos equipamentos mais poderosos.

Entretanto este dispositivos vêm com o novo jogo Snake que estreou no Nokia 3310 que se estreou em 2017.

Os dois equipamentos entre os 20 e 30 Euros não têm muitas diferenças. No entanto, há algumas. É que o design e o teclado do modelo mais caro é mais cuidado. Ou seja, por uma diferença de 10 Euros mais vale o modelo mais caro.

Quanto às cores também existem diferenças entre os dois modelos. O Nokia 125 vem apenas nas opções Branco e Preto, enquanto o Nokia 150 está disponível nas versões Azul, Vermelho e Preto.

Gosta da Leak? Contamos consigo! Siga-nos no Google Notícias. Clique aqui e depois em Seguir. Obrigado!

Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.

Leia também

Deixe um comentário