Mitsubishi Eclipse Cross – “Comeback” da Marca ou Grande Erro?

Está para breve um novo Eclipse. Será realmente o que estávamos à espera?

Foto: mitsubishicars.com

Ultimamente a Mitsubishi tem-me desiludido com carros como Space Star e o cancelamento da série Evolution. Agora eis que surge um novo veículo na manga, mais especificamente um novo Crossover que aponta a uma classe mais jovem, como acontece com o Mitsubishi Eclipse Cross.

De facto uma das grandes modas do momento no mundo automóvel são os SUVe os Crossovers. No entanto quando ouvimos falar em “Eclipse” pensamos num pequeno Coupe desportivo e não num SUV.

Segundo a marca, eles utilizaram o nome devido a um “legado” deixado pelos últimos veículos. No entanto continuo sem perceber porque é que não lhe deram qualquer outro nome. Considerando que o automóvel se chama Eclipse Cross, quem garante que não vem ai um Eclipse Coupe?

Mas vamos agora ao que interessa. O Eclipse Cross será realmente bom?

Foto: mitsubishicars.com

Em termos estéticos sinto que o carro tem um traço de Toyota. A traseira é “peculiar” e sinceramente não me agrada muito. Mas dentro do tema da Toyota, continua a ser um carro muito mais subtil (esteticamente falando) do que o CH-R. Tirando a traseira, o carro não é nada que me deixe boquiaberto mas não é feio de todo, principalmente a dianteira do mesmo.

Em termos de quão prático o carro é, este é dos mais pequenos do seu mercado, mas não o mais pequeno. Segundo a Motor1, até o Jeep Compass (sendo este mais pequeno que o Eclipse) consegue ser mais prático e oferecer mais espaço para a cabeça, pernas e de bagageira. Ainda assim os bancos traseiros permitem certos ajustes, menos mau.

Foto: mitsubishicars.com

O carro aposta em diversas inovações tecnológicas (por ex. apple play) e vai deixar de utilizar apenas material Mitsubishi, adotando assim algumas partes de outras marcas como a Renault e a Nissan. O problema é que muita dessa prometida tecnologia só começa a aparecer nas versões mais altas.

As especificações dão conta de motor 1.5 T-MIVEC ClearTec (gasolina) de 163cv e 250nm de binário. Importa salientar que vai estar disponível uma versão a diesel para o final do ano e uma versão híbrida com um motor a gasolina para o ano que vem. Este veículo vem ainda com a opção entre FWD ou AWD e uma caixa manual ou automática.

Foto: mitsubishicars.com

Sendo mais caro que um Jeep Compass, valerá ou não a pena?

Esta é a aposta da Mitsubishi nos SUV médios, querendo separar o ASX e o Outlander. Será que foi uma boa decisão? Por muito que o nome me desiluda, é uma questão de esperarmos para ver como o carro se sai, com um preço base de 29.000€. Acham que vai funcionar, ou não é desta que a Mitsubishi se vai redimir?

Gosta da Leak? Contamos consigo! Siga-nos no Google Notícias. Clique aqui e depois em Seguir. Obrigado!

Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.

Leia também

Deixe um comentário