Google pode perder 800 milhões de utilizadores Android

Google pode perder 800 milhões de utilizadores Android? No mês passado, a Google revogou a licença da Huawei que permite utilizar o sistema operativo Android. Isto aconteceu depois do Departamento de Comércio dos EUA ter colocado a Huawei numa lista onde estão empresas que representam uma ameaça à segurança nacional.

utilizadores Android

Mais tarde, o Departamento de Comércio dos EUA reduziu a proibição. Assim, forneceu um período de 90 dias antes da proibição entrar totalmente em vigor. Enquanto isso, a empresa confirmou que os utilizadores dos smartphones Huawei vão continuar a receber atualizações.

Google pode perder 800 milhões de utilizadores Android

No entanto e apesar de eu manter-me firme na minha convicção que isto não vai dar em nada, a Huawei não está a beneficiar desta situação. De facto, esta empresa já revelou que a proibição poderá resultar em perdas de 30 mil milhões de dólares. Para dar resposta a um eventual problema com a Google, a Huawei já está a trabalhar no seu próprio sistema operativo, o HongMeng OS (Oak OS).

No entanto, caso isto vá para a frente a Huawei não vai ser a única a sofrer com a proibição americana.

Numa entrevista à CNBC, Ren Zhengfei, fundador e CEO da Huawei, afirmou que a Google vai perder entre 700-800 milhões de utilizadores se a Huawei abandonar o Android. De facto, as suas palavras completas foram que a Google e a Huawei “sempre estarão na mesma linha de interesse e, se não utilizarmos o sistema do Google, eles vão perder entre 700 a 800 milhões de utilizadores no futuro”.

Obviamente que a Huawei não quer substituir o sistema da Google.

Isto porque vai desacelerar o crescimento. No entanto, se chegar a esse ponto, a Huawei terá seu próprio sistema. Depois voltará a crescer com o tempo.

Huawei EMUI

O sistema operativo HongMeng ou Oak OS deve ser lançado no final de setembro ou outubro. Será focado inicialmente nos dispositivos de gama média. Isto é o que revelam as últimas informações.

Num teste conduzido recentemente pela Huawei e no qual outras marcas chinesas como a Vivo e a Oppo também participaram, foi alegado que o HongMeng OS é cerca de 60% mais rápido que o Android. Há relatos também de que a Huawei está a negociar com o Sailfish OS e com o SO russo Avrora. Estes são possíveis substitutos para o Android.

No entanto, se a Huawei apostar no seu próprio sistema, o HongMeng OS será compatível com todas as aplicações Android. Também pode ser recompilado para melhorar o desempenho. Isto é o que acontece no Chrome OS.

De facto, se a Huawei substituir realmente o Android e convencer outros fabricantes chineses a fazerem o mesmo, isto poderá representar uma grande ameaça ao monopólio do Google no mercado de smartphones.

Gosta da Leak? Contamos consigo! Siga-nos no Google Notícias. Clique aqui e depois em Seguir. Obrigado!

Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.

Leia também

Deixe um comentário