Oops!? 58.000 Ford Focus vão ser recolhidos nos Estados Unidos!

Ford Motor Co. – 58.000 Focus recolhidos devido a problema! Será um dos afetados?! – A Ford, está a efetuar uma recolha de 58.000 veículos do modelo Focus, devido a um problema grave que alguns modelos apresentaram no seu sistema de combustível.

Este problema, encontra-se no software do veículo fazendo com que alguns destes carros não funcionem da melhor forma. Bem… Isto é ser simpático… Afinal de contas, devido a este defeito, o tanque de combustível destes automóveis pode ganhar algumas deformações.



É proprietário de um Ford Focus?! Saiba, se o seu veículo pode ser um dos 58.000 afetados

Ora bem, saiba que a recolha da empresa vai desde o Ford Focus do ano 2012 até ao modelo do 2017. Além disto, alguns modelos Focus ST de 2013 e 2014 são também afetados. Contudo, este problema parece ser apenas para os automóveis da empresa fabricados na América do Norte.

A Ford, comunicou que: “Se isto ocorrer, o cliente poderá obter, uma luz indicadora de avaria, uma incorreta medição de combustível, ou até na condução poderá notar uma grande falta de potência”

A nível de segurança, segundo a empresa, até ao momento não existem relatos de acidentes ou lesões, associados com este problema.



Curiosamente, a grande questão é de não ser a primeira vez que este problema apareceu.

Afinal de contas, existiu uma recolha de veículos em Outubro do ano passado, com quase 1.5 milhões de carros envolvidos. De acordo com a Ford, esta nova recolha esta relacionada à recolha anterior, para os veículos que não tiveram a solução bem implementada.

Segundo a empresa, quem for afetado por este problema, pode levar o veiculo para um dos revendedores. Onde o software levará uma reprogramação, e irão ser substituídas quaisquer peças afetadas pelo problema.

Curiosamente, a Ford já aposentou o seu Focus e descontinuou todos os outros modelos de carros na América do Norte.


Ademais, o que pensa sobre isto? Pode ser mesmo um dos afetados? Partilhe connosco a sua opinião nos comentários em baixo.

Fonte