COVID-19: lojas online salvaram o mercado de smartphones!

A pandemia de COVID-19 forçou os governos em todo o mundo a fecharem fronteiras e a imporem bloqueios regionais, o que resultou num declínio significativo no PIB. De facto, o abrandamento da atividade económica e social teve um impacto significativo, em particular no mercado dos smartphones. A TrendForce estima que 286 milhões desses dispositivos foram fabricados no segundo trimestre, um aumento de 2,2% em relação ao trimestre anterior, mas 16,7% menos olhando para o ano anterior. Na prática, a maior queda na história da indústria. Quem ainda salvou o negócio foram as lojas online de smartphones.

COVID-19: lojas online salvaram o mercado de smartphones!

Os analistas esperam que a diminuição das medidas restritivas e as políticas de estímulo económico ajudem a apoiar a recuperação do mercado de smartphones no segundo semestre do ano. O volume de produção no atual trimestre deve chegar a 335 milhões de unidades. O valor é 10,1% menor na comparação a nível atual, mas está em linha com o aumento de 17,2% em relação ao trimestre anterior.

lojas online smartphones

De acordo com os resultados do último trimestre, a Samsung detém 19,2% do mercado. A participação da Huawei é de 18,2%. A Apple está em terceiro lugar com 14,3%. Em seguida vêm a Xiaomi, Oppo e Vivo, cujas ações são iguais a 10,3%, 9,6% e 9,3%, respetivamente. A projeção de distribuição do mercado entre os principais participantes para o trimestre atual é a seguinte: Samsung – 23,5%, Huawei – 14,0%, Apple – 13,3%, Oppo – 11,8%, Xiaomi – 11,5%, Vivo – 8,2%.

Já segundo a Counterpoint Research durante o segundo trimestre de 2020 o mercado europeu de smartphones viu um declínio significativo de 24% em relação ao mesmo período do ano passado no segundo trimestre de 2020.

Além disso, o relatório revela um declínio de 22% em relação ao trimestre anterior no mesmo período. Com o COVID-19 a continuar a afetar as nossas vidas isto é algo fácil de perceber. Entretanto há mais um pormenor importante. Inicialmente a Europa Oriental demonstrou uma certa imunidade à pandemia. No entanto, no segundo trimestre de 2020, podemos ver uma queda de 24% ano após ano.

lojas online smartphones

As medidas de confinamento impostas por alguns países da Europa conseguiram achatar a curva da COVID-19. No entanto, ao mesmo tempo, desaceleraram o crescimento do mercado de smartphones. Poderia ser ainda pior se as lojas online não tivessem estado abertas. De facto, é sensato dizer que foram as lojas online que salvaram o negócio de smartphones durante a pandemia!

Gosta da Leak? Contamos consigo! Siga-nos no Google Notícias. Clique aqui e depois em Seguir.

Subscreva a newsletter Leak e tenha acesso diário aos principais destaques, ofertas e descontos nos parceiros Leak. Clique aqui

Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt

mm
Bruno Fonseca
Fundador da Leak, estreou-se no online em 1999 quando criou a CDRW.co.pt. Deu os primeiros passos no mundo da tecnologia com o Spectrum 48K e nunca mais largou os computadores. É viciado em telemóveis, tablets e gadgets.

Em destaque

Leia também