Chipset Huawei Kirin 1020 é mais caro que o Apple A14

Depois de no início do ano ter lançado a gama P40, a Huawei está atualmente a trabalhar no Huawei Mate 40. Dito isto, os novos smartphones devem chegar com um chipset de 5nm e o lançamento parece estar agendado para Setembro. O Huawei Mate 40 é o primeiro equipamento a usar este novo processador que se os rumores se confirmarem se vai chamar Huawei Kirin 1020. No entanto, não existe nada de oficial acerca disto.

Chipset Huawei Kirin 1020 é mais caro que o Apple A14

Aparentemente este processador não será muito baratinho. Uma informação publicada no Weibo, uma rede social chinesa muito semelhante ao Twitter, revela que o custo está entre o do Apple A14 e o Apple ARM. No entanto, está mais próximo do A14. Entretanto, o tamanho também está entre a dimensão dos dois chips do gigante da maçã. Vamos é ver que impacto tudo isto terá no Mate 40.

Apesar de toda a pressão que este fabricante tem sentido por parte dos Estados Unidos a Huawei continua a dar cartas. De facto, vai conseguir lançar o primeiro equipamento com um chipset de 5nm.

Todos os processadores que a Huawei vai precisar estarão disponíveis em meados de Setembro e não haverão atrasos relacionados com a pandemia de COVID-19 como se pensava anteriormente. Mas pode haver uma informação interessante que poderá dar origem a algumas dúvidas na hora de comprar este equipamento. Especialmente quem o fizer fora da china.

Huawei Kirin 1020

Como referi parece certo que o Huawei Mate 40 será alimentado pelo chip Kirin 1020 que é baseado num processo de 5 nm. No entanto, parece que a Huawei encomendou apenas 8 milhões de unidades antes das novas restrições serem colocadas e agora surge um dilema. Considerando que as vendas da gama Mate 40 deverão ultrapassar a marca de 10 milhões, isto significa que esta empresa necessita de mais processadores.

Uma vez que não pode recorrer à TSMC, este fabricante poderá recorrer a outro chip.

Huawei Kirin 1020

Recentemente circulou uma informação na Internet que dava conta que a Qualcomm iria solicitar uma licença ao Departamento de Indústria e Segurança do Departamento de Comércio para fornecer chips à Huawei.

Entretanto, foi também dito, que este pedido à partida seria atendido. Isto resolvia o problema dos processadores para o P50 e para o Mate 50.

Mas parece que afinal é mesmo a MediaTek que vai fornecer os chipsets para os equipamentos da gama Mate 40 vendidos fora da China.

Podemos esperar um ecrã AMOLED no Mate 40 e no Pro. Também é esperado que cheguem com uma atualização mais alta de 90 ou 120Hz.

No que diz respeito à câmara frontal ainda não existe propriamente uma consistência entre rumores. Dito isto, uns dizem que terá um orifício para acomodar o sensor para selfies. Outros referem que será uma pequena monocelha. O único que ganha mais força no painel fala de uma monocelha em forma de cascata.

mm
Bruno Fonseca
Fundador da Leak, estreou-se no online em 1999 quando criou a CDRW.co.pt. Deu os primeiros passos no mundo da tecnologia com o Spectrum 48K e nunca mais largou os computadores. É viciado em telemóveis, tablets e gadgets.

Mais deste autor

Relacionadas

Publicidadespot_img

Últimos artigos

Galaxy S22: o grande upgrade nas câmaras não vai acontecer!

Já há vários meses que têm surgido na Internet rumores sobre o Galaxy S22 e isto não é uma surpresa. As pessoas querem sempre...

Semana brutal na Netflix! Viu os projetos que vão chegar?

De semana a semana, vamos recebendo novos projetos verdadeiramente brutais. Sendo que tal como na semana passada, também nesta teremos direito não só a...

Gmail para Android: não utilize mais sem fazer estas alterações!

O Gmail é sem dúvida das melhores plataformas de email. É fiável, tem uma grande capacidade de armazenamento e raramente falha. É por isso...

Não perca nenhuma informação de última hora!

Registe-ne na Newsletter Leak e receba diariamente todas as informações no seu email!