Xiaomi prepara smartphone que carrega sozinho! O futuro?

Os fabricantes de smartphones chineses estão a aproveitar esta altura para lançar smartphones exclusivos que apostam num design inovador. A Xiaomi, a conhecida fabricante de smartphones gosta sempre de experimentar coisas novas. Assim, patenteou o design de um smartphone que integra um painel solar e carrega sozinho.

Xiaomi prepara smartphone que carrega sozinho

Em julho do ano passado, a Xiaomi Mobile Software apresentou um pedido de patente no WIPO (World Intellectual Property Office) para um smartphone com um módulo de energia solar. A patente incluiu alguns esboços do design do equipamento, dando-nos uma ideia do que podemos esperar se ele chegar ao mercado.

O esboço mostra que o smartphone vem com um ecrã sem monocelha. No entanto, não se sabe onde a câmera frontal está posicionada. Também não há indicação acerca do módulo pop-up para a câmera frontal. Eventualmente, este fabricante pode querer integrar o sensor no próprio ecrã. Lembro que esta tecnologia já foi apresentada pela Xiaomi.

carrega

Na parte traseira, o smartphone tem um módulo de câmera dupla com os sensores de câmera colocados verticalmente e com um flash LED entre os dois sensores. Não há sensor de impressões digitais no painel traseiro, confirmando a integração deste módulo no ecrã.

O painel solar é a parte mais visível do telefone, que cobre a maior parte do painel traseiro deste smartphone. Curiosamente, o painel solar é mais fino que o módulo da câmera. Através desta integração, será possível carregar este dispositivo através de energia solar.

Isto é muito interessante e não é algo pioneiro. É que algumas empresas já exploraram a ideia de um smartphone movido a energia solar. Agora a Xiaomi está a trabalhar no mesmo. No entanto, não há informações disponíveis acerca do lançamento deste smartphone. Embora a patente tenha sido concedida, isto não garante que a empresa vai produzir realmente o smartphone e que ele vai chegar ao mercado. Significa apenas que a empresa está a analisar a ideia e a trabalhar nesse sentido. No entanto, suspeito que vamos de facto ter um Xiaomi alimentado a energia solar. Poderá não ser totalmente, mas para dar uma ajuda quando ficamos sem bateria.

Fonte

mm
Bruno Fonseca
Fundador da Leak, estreou-se no online em 1999 quando criou a CDRW.co.pt. Deu os primeiros passos no mundo da tecnologia com o Spectrum 48K e nunca mais largou os computadores. É viciado em telemóveis, tablets e gadgets.

Mais deste autor

Relacionadas

Publicidadespot_img

Últimos artigos

Cabos caros? Para quê? Bem… A ASUS tem agora um cabo ROG!

Existe todo um submundo focado nos cabos caros, que claro está, de forma a justificar o seu preço, prometem uma performance superior aos "cabos...

Google Calendar: o calendário acaba de ganhar uma novidade!

A Google está a levar o design Material You a várias aplicações, mas ao mesmo tempo está a fazer muito mais do que isso....

Google TV vai dar canais premium de borla mas há um requisito!

O Google TV está realmente fantástico. Tem uma interface bem conseguida e que nos dá um rápido acesso a tudo aquilo que procuramos. No...

Não perca nenhuma informação de última hora!

Registe-ne na Newsletter Leak e receba diariamente todas as informações no seu email!