Mi CC9, Mi Note 10

O Xiaomi Mi CC9 Pro já é oficial. Na prática é um smartphone que se destaca logo à partida por um fantástico sensor de câmera de 108 megapixels. Para além disso, logo a seguir ao Nokia 9 PureView, é o segundo smartphone a possuir cinco câmeras montadas na parte traseira. Este dispositivo gama média superior é alimentado pelo processador Snapdragon 730G. Entretanto, a nova aposta da Xiaomi tem mais dois excelentes argumentos. Falamos, claro está, de um ecrã AMOLED curvo e da bateria de grandes dimensões. Por um preço a rondar os 400 Euros, será que vale a pena? Até respondo já. Sem dúvida que sim.

Xiaomi Mi CC9 Pro: o melhor gama-média de sempre por 400 Euros!

Conforme referi, o Xiaomi Mi CC9 Pro possui um ecrã AMOLED curvo de ponta a ponta, com 6,47 polegadas. Tem ainda resolução Full HD+ de 1080 x 2340 pixéis. Este ecrã tem a aprovação da TUV Rheinland o que significa que filtra com eficácia os raios azuis nocivos. Entretanto, o ecrã com proporção de 19,5:9 tem uma taxa de contraste de 400000:1, suporte para HDR, brilho de 600 nits e ampla gama de cores DCI-P3.

CC9 Pro: o

Para além do que já referi, este smartphone tem uma tecnologia que permite que as extremidades do ecrã pisquem quando o smartphone recebe uma notificação.

A isto junta-se um sensor de impressões digitais ótico ultra-fino no ecrã. A grande vantagem é que tem uma área maior de reconhecimento de impressões digitais e pode ser desbloqueado mesmo quando os dedos estão muito secos ou molhados.

Entretanto chegamos à principal característica do Xiaomi Mi CC9 Pro, ou seja, a penta-câmera com um sensor principal de 108 megapixéis. A primeira é uma super teleobjetiva de 5 megapixéis assistida por estabilização ótica de imagem com 4 eixos que suporta zoom óptico de 5x, zoom híbrido de 10x e zoom híbrido de 50x. A seguir, está um sensor de retrato de 12 megapixéis. O terceiro sensor é um sensor principal de 108 megapixéis da Samsung, com abertura f/1.7 e estabilização ótica de 4 eixos.

CC9 Pro: o

A seguir, vem uma lente ultra grande angular de 20 megapixéis com um campo de visão de 117 graus. O quinto é uma lente macro de 2 megapixéis com uma distância focal de 1,5 cm. A junta-se às cinco câmeras está uma unidade de flash LED duplo. Na parte frontal, está a câmera para selfies de 32 megapixéis com abertura f/2.0.

As câmeras traseiras do Mi CC9 Pro têm funcionalidades como modo de beleza assistida por inteligência artificial, reconhecimento de cenas, emagrecimento inteligente, efeito de luz de estúdio, modo retrato, modo super cena noturna, gravação de vídeo macro. Temos também gravação de vídeo HD em câmera lenta a 960fps e gravação de vídeo em 4K .

Uma coisa é certa as câmeras são mesmo boas, até porque o Mi CC9 Pro agora lidera os benchmarks do DxOMark.

O Mi CC9 Pro e o Mate 30 Pro são os primeiros com pontuação de 121 pontos. A pontuação do Mi CC9 Pro DxOMark é uma média de 130 pontos em testes de fotografia e 102 pontos em testes de videografia.

CC9 Pro: o

O Xiaomi Mi CC9 Pro está equipado com o processador Snapdragon 730G. É o mais poderoso da Qualcomm logo a seguir ao Snapdragon 855+ encontrado nos principais topos de gama. Ele junta-se a uma capacidade de RAM que pode ir até aos 8 GB de RAM. Entretanto, o modelo de topo do CC9 Pro possui 256 GB de armazenamento UFS 3.0. O smartphone consome energia de uma bateria imensa de 5.260mAh. Um ponto positivo é que suporta carregamento rápido de 30W. Na prática permite que o smartphone carregue completamente em 65 minutos.

CC9 Pro: o

O sistema operativo Android 9 Pie, associado ao MIUI 11, foi a aposta para o Xiaomi Mi CC9 Pro.

Ao nível de conetividade, esta aposta tem também Dual VoLTE 4G, Wi-Fi 802.11ac, Bluetooth 5.0, GPS, GPS multifuncional, porta IR, porta USB-C e saída para auscultadores de 3,5 mm. Por fim, o Mi CC9 Pro possui um grande alti-falante que suporta áudio de alta resolução. Este dispositivo mede 157,8 x 74,2 x 9,67 mm e pesa 208 gramas.

Ao nível de preços:

6 GB de RAM + 128 GB de armazenamento – 399 Euros
8 GB de RAM + 128 GB de armazenamento – 442 Euros
8 GB de RAM + 256 GB de armazenamento (Premium Edition) – 499 Euros.

Entretanto como já referimos na Leak, nos mercados internacionais, a Xiaomi vai vender o Mi CC9 Pro como Xiaomi MI Note 10. Este último será oficial na Espanha amanhã. Num futuro próximo também teremos um Mi Note 10 Pro nos mercados internacionais.

Leia também:

Xiaomi Mi 9T Pro – Faz sentido comprar smartphones de 1000€?

Acompanhe ao minuto as últimas noticias de tecnologia. Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.