Vai perder isto tudo quando passar do Windows 10 para o Windows 11!

O Windows 11 ainda não chegou oficialmente ao mercado e já é um verdadeiro sucesso. Aliás isso é bem visível se olharmos para a quantidade das pessoas que estão a querer deitar a mão à versão preview e quantas a instalaram. No entanto, quando se fizer a passaram do Windows 10 para o Windows 11 há muitas coisas que vão ficar pelo caminho. Claro que para muitos isto não será um problema. No entanto, há aquelas pessoas que não gostam nada de deixar funcionalidades pelo caminho. Vamos então olhar para tudo o que vai desaparecer nesta transição.

Vai perder isto tudo quando passar do Windows 10 para o Windows 11!

Fim dos atalhos na barra de tarefas

Algumas pessoas queixaram-se de que já não era possível arrastar atalhos para a barra de tarefas. Algo que sempre aconteceu. No entanto, ficaram “calmas” porque afinal estamos perante uma versão preview que ainda pode ter algumas falhas. No entanto, a Microsoft revelou que isto não é um bug. O Windows 11 abandonou esta função para sempre. O resultado foi uma enorme revolta por parte da comunidade. Abaixo podemos ver a resposta da Microsoft.

Windows 10 para 11

Por causa disto muitos utilizadores referem que a nova barra de tarefas é um downgrade. De facto, ainda foram mais longe. Dizem que não faz sentido acabar com funções que estão no Windows há bastante tempo. Referem ainda que as novas versões devem trazer mais funcionalidades e não acabar com as antigas.

Internet Explorer

A primeira das coisas que vamos perder talvez seja a menos importante. Isto apesar de ainda existirem várias pessoas a utilizá-la. O Internet Explorer ainda continua a estar presente no Windows 10 e mais interessante é que várias pessoas ainda o utilizam. No entanto, ele não fará a transição para o Windows 11 e é definitivamente substituído pelo Microsoft Edge. Para quem ainda assim ficar com muitas saudades ou tiver problemas a navegar em sites realmente antigos, lembro que o Edge tem um modo Internet Explorer.

Windows 10 para 11

A propósito, a Leak corre perfeitamente bem no Internet Explorer.

Mosaicos dinâmicos: uma das perdas mais visíveis na passagem do Windows 10 para o 11

É uma abordagem interessante. No entanto a maioria dos programadores passou ao lado. Na prática, num pequeno espaço, conseguem-nos dar muita informação ao rodarem os conteúdos. Tal como se tratassem de slides. Uma vez que a adesão não foi muita a Microsoft decidiu acabar com esta função quando passou do Windows para o Windows 11.

Windows 10 para 11

Uma barra de tarefas sempre na mesma posição

Quando a Microsoft começou a fazer alterações no Windows 11 todos sabíamos que algumas coisas iriam mudar. Sobretudo na barra de tarefas que foi alvo de tantas alterações. Algumas funções básicas que estavam no Windows desde sempre desapareceram. Por exemplo, a barra agora só pode ser utilizada na parte inferior e não é possível arrastá-la para mais lado nenhum.

Agrupar apps no menu Iniciar

Esta função considero que já dava jeito. Na prática funciona da mesma forma como as pastas no Android ou no iOS. Conseguimos agrupar um conjuntos de aplicações e ter tudo muito mais organizado. Este processo era realmente simples de fazer. Basta arrastar uma app para cima de outra e deste modo criávamos um grupo. Depois era só darmos um nome e já está. É mais uma coisa que se perdeu na passagem do Windows 10 para o 11.

Cortana

É verdade que o assistente da Microsoft não vai desaparecer completamente do Windows 11. No entanto deixa de estar presente na configuração e desaparece da barra de tarefas. Eventualmente a Microsoft e olhando para o que se tem vindo a passar vai querer posicioná-la como uma ferramenta empresarial.

Linha Cronológica

Enquanto muitas pessoas nunca utilizaram esta opção, outros fizeram um grande uso dela. Na prática permite sincronizar a nossa atividade em múltiplos computadores Windows nos últimos dias 30 dias. Coisas simples mas úteis como ficheiros que abrimos, sites que visitámos, etc. Assim é muito mais fácil saltarmos entre computadores onde temos a mesma conta Microsoft configurada. No Windows 11 esta função não estará presente.

Casamento com o Skype é outra coisa que termina na passagem do Windows 10 para o 11

O Skype vai continuar a estar presente no Windows 11. No entanto não terá o mesmo tipo de integração que tem com o Windows 10. Quem vai ter direito a esta honra é o Teams. No Windows 11 Build 22000.71 até já foi criada uma política de grupo para esta app de chat que a disponibiliza para todos. Na prática permite que tudo seja configurado através de um ícone na barra de tarefas. Se a ativar o ícone começa logo a aparecer por defeito. Mas não precisa de mexer nisto para ter acesso a esta função.

windows 11 messenger

É que desative ou ative, algumas versões do Windows virão logo com o ícone de chat disponível como refere o site Windows Latest.

O objetivo desta aplicação é muito simples. Na prática vai ajudar os utilizadores a estarem mais ligados com família, amigos e até colegas. Seja qual for o dispositivo.

Não perca nenhuma informação importante. Siga-nos no Google Notícias. Siga-nos ou clique no símbolo da estrela no canto superior direito.
mm
Bruno Fonseca
Fundador da Leak, estreou-se no online em 1999 quando criou a CDRW.co.pt. Deu os primeiros passos no mundo da tecnologia com o Spectrum 48K e nunca mais largou os computadores. É viciado em telemóveis, tablets e gadgets.

Receba a nossa Newsletter

Outros artigos

Conta da Luz: esta é a energia que gasta a PS5!

A classificação de potência oficial de uma consola PlayStation...

Air Fryer: vale a pena comprar uma fritadeira sem óleo?

As fritadeiras de ar quente que também são conhecidas...

Dezembro + Netflix = Novos projetos brutais! Vai adorar!

Depois de já termos mencionado alguns dos projetos que...