WhatsApp já tem limites a funcionar! Veja o que muda

O novo coronavírus, COVID-19, está a ter um forte impacto no mundo que conhecemos. Um elevado número de mortos e infectados, a quarentena, os muitos serviços afetados. Tudo está a mudar e neste momento são necessárias diversas alterações para que as coisas continuem a funcionar, pelo menos, com o mínimo de qualidade possível. Depois dos limites impostos no YouTube em que a qualidade máxima é agora 480p, é agora a vez do WhatsApp conhecer também limites. É que uma aplicação como esta não pode falhar!

WhatsApp tem novos limites a partir de hoje! Veja o que muda

Com mais de dois mil milhões de utilizadores em todo o mundo, o WhatsApp é sem dúvida a aplicação de mensagens com mais sucesso. Tudo isto porque também funciona, normalmente, sem quaisquer falhas. O problema é que a questão do teletrabalho e o facto de estarmos em quarentena tem vindo a sobrecarregar esta plataforma. Afinal de contas temos de comunicar e manter laços. São importantes para a nossa sanidade mental.

Instagram e WhatsApp, ameaça no WhatsApp, Whatsapp bate,Whatsapp bate,Mensagens auto-destrutivas, falha no WhatsApp

É verdade que o WhatsApp tem vindo a reforçar a sua plataforma. No entanto, não aguenta tudo. Assim e conforme relata o site WABetaInfo deixou de ser possível enviar vídeos para o nosso estado, caso sejam maiores do que 16 segundos. Ou seja, só os de 15 segundos serão permitidos. Isto já está em vigor em alguns países, tendo começado na Índia.

Até aqui era possível gravarmos vídeos até 30 segundos para este efeito. Agora este número passou para metade. Isto deve dar algum alívio à plataforma, até porque em alguns países isto é uma funcionalidade muito utilizada. Muitas das vezes até para uma rápida apresentação pessoal. Claro que quando as coisas acalmarem esta medida poderá ser levantada.

As restrições aos serviços online não são algo de novo. De facto, já vários serviços de streaming como o Netflix e a Amazon restringiram a qualidade na Europa, de modo a evitarem a sobrecarga de serviço. De facto, mais vale diminuir um pouco e dar para todos, do que manter tudo na mesma e só dar para alguns. Ainda assim e ao contrário do que possa pensar, esta medida não está a ser bem aceite por todos. Alguns utilizadores até solicitaram uma redução na mensalidade…

Entretanto há uma falha que coloca os utilizadores em risco bem como familiares e amigos. Leia aqui.

Gosta da Leak? Contamos consigo! Siga-nos no Google Notícias. Clique aqui e depois em Seguir. Obrigado!

Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.

Leia também

Deixe um comentário