Conversas no WhatsApp podem ser descobertas com o Google

De acordo com novas informações avançadas pela revista Vice, os convites privados para grupos no WhatsApp podem não ser assim tão privados. Através de uma pesquisa bastante simples no Google, é relativamente fácil obter acesso a conversas no WhatsApp e a grupos privados de conversação!

Conversas no WhatsApp podem ser descobertas com a Google. Veja como no final do artigo. 

Normalmente, as conversas em grupo privadas do WhatsApp só estão acessíveis através de um código de convite distribuído pelos moderadores da conversa. Esses códigos de convite, no entanto, são simplesmente URLs com sequências de texto específicas. Parece que a Google está a indexar alguns desses convites, o que permite a praticamente qualquer pessoa com acesso ao Google encontrá-los.

Agora, antes de começar a apagar tudo ou andar à procura das conversas de alguém, saiba que isto parece ser um problema do WhatsApp. Na realidade um problema parvo. A Google utiliza robôs de pesquisa para indexar URLs na Internet e é muito fácil para sites e aplicações colocarem uma linha de código nas páginas que informam esses robôs para não indexarem essas informações. Ora o problema é que o WhatsApp não fez nada disso.

Conversas no WhatsApp

A revista Vice entrou em contato com a Google e o Facebook acerca deste assunto, mas não obteve qualquer resposta.

Se quiser fazer uma pesquisa no Google e descobrir se o seu grupo privado do WhatsApp está indexado, comece com uma string “chat.whatsapp.com” e insira algumas informações específicas relacionadas com o seu grupo. A Vice fez isso e conseguiu encontrar vários grupos de bate-papo relacionados com a partilha de pornografia, bem como uma sala que se descreve como sendo de ONGs credenciadas pelas Nações Unidas. Ainda pior. Esses grupos de conversação listam os nomes dos utilizadores e as informações de contato. Em vários casos estão lá os número de telefone.

O que é certo é que há muitos utilizadores irritados com isto e o WhatsApp terá de dar uma resposta em breve.

Gosta da Leak? Contamos consigo! Siga-nos no Google Notícias. Clique aqui e depois em Seguir.

Subscreva a newsletter Leak e tenha acesso diário aos principais destaques, ofertas e descontos nos parceiros Leak. Clique aqui

Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.

mm
Bruno Fonseca
Fundador da Leak, estreou-se no online em 1999 quando criou a CDRW.co.pt. Deu os primeiros passos no mundo da tecnologia com o Spectrum 48K e nunca mais largou os computadores. É viciado em telemóveis, tablets e gadgets.

Leia também