TikTok está a causar uma verdadeira loucura na Play Store

Fechadas em casa e com pouco para fazer, as pessoas têm recorrido muito às redes sociais. A propósito disto, o TikTok está entre as aplicações mais populares da atualidade. De facto, foi a segunda aplicação gratuita mais descarregada na Play Store no final de março. Agora está ainda mais popular e o TikTok ultrapassou as mil milhões de instalações na Play Store.

TikTok está a causar uma verdadeira loucura na Play Store

Embora o TikTok tenha ganho muita popularidade durante o ano passado, parece que a pandemia que estamos a enfrentar causou uma verdadeira loucura nos downloads. Já tinhamos visto esta app passar da terceira posição na seção de aplicações grátis para a segunda e agora passou o limite de mil milhões.

Sem dúvida excelentes notícias para esta plataforma e também para os fãs. No entanto há um senão temporário.

TikTok Play Store

O TikTok começou recentemente a restringir a reprodução de conteúdos de alta definição (HD). Algo que vai durar vários dias. Isto foi feito para aliviar a infraestrutura de rede na Europa.

Na prática, esta rede seguiu os passos dos principais fornecedores de streaming de vídeo, incluindo o Facebook, o seu principal concorrente, que também já adotou essa medida juntamente com o Instagram.

Num comunicado esta empresa referiu que “embora desejemos que a nossa plataforma seja um local em que a comunidade possa criar, partilhar e aproveitar conteúdos de vídeo, não queremos níveis aumentados de tráfego para adicionar mais pressão à infraestrutura e capacidade das redes. Assim, tomámos uma decisão voluntária para impedir que os nossos utilizadores na Europa possam assistir a conteúdos em alta definição”.

Apesar desta medida, os utilizadores podem continuar a criar e a partilhar vídeos normalmente. A única coisa que muda é apenas a qualidade com que vamos ver esses conteúdos.

Lembro que devido à crise do coronavírus, a UE solicitou a vários serviços de streaming, na semana passada, que reduzissem a qualidade de modo a garantir a estabilidade das redes europeias, reduzindo as taxas de transmissão. YouTube, Netflix, Apple e Disney também acompanharam esse pedido.

mm
Bruno Fonseca
Fundador da Leak, estreou-se no online em 1999 quando criou a CDRW.co.pt. Deu os primeiros passos no mundo da tecnologia com o Spectrum 48K e nunca mais largou os computadores. É viciado em telemóveis, tablets e gadgets.

Mais deste autor

Relacionadas

Publicidadespot_img

Últimos artigos

As primeiras reviews relativas ao iPhone 13 chegaram à Internet!

A gama de smartphones iPhone 13 foi recentemente anunciada pela gigantesca Norte Americana Apple. Sendo recebida com um misto de 'piadas', devido ao facto...

Gmail para Android: não utilize mais sem fazer estas alertações!

O Gmail é sem dúvida das melhores plataformas de email. É fiável, tem uma grande capacidade de armazenamento e raramente falha. É por isso...

Netflix lança plano grátis sem publicidade mas não para todos!

A Netflix quer ser forte em todos os mercados. Enquanto nuns é mais fácil dadas as características e a abertura do público a filmes...

Não perca nenhuma informação de última hora!

Registe-ne na Newsletter Leak e receba diariamente todas as informações no seu email!