NVIDIA vai apostar tudo em 2020 para meter a AMD no bolso!

Apesar da NVIDIA ser a rainha e senhora do mundo das placas gráficas, a verdade é que a gigante verde não estava nada à espera que a AMD fizesse o que fez com a sua gama de placas gráficas Navi, especialmente as RX 5700, RX 5700 XT e RX 5600 XT que impressionaram forte e feio no campo do desempenho/preço.

Caso não se lembre, a AMD até fez ‘bait’ à NVIDIA em ambos os lançamentos! Visto que primeiramente ‘enganou’ a NVIDIA com um preço mais alto nas RX 5700, prontamente baixando-o para fazer undercut às novas RTX 2070 Super e RTX 2060 Super, quando estas foram anunciadas. E posteriormente lançou uma atualização da BIOS para a RX 5600 XT, quando a NVIDIA resolveu baixar o preço da RTX 2060.



Em suma, mesmo com o trono da performance, a NVIDIA quer garantir que mete a AMD no seu devido lugar na próxima geração de placas gráficas! Isto depois da rival ter decidido brincar demasiado nos últimos meses.

NVIDIA vai apostar tudo em 2020 para meter a AMD no bolso!

NVIDIA AMD 2020

Portanto, antes de mais nada, temos de perceber o porquê da AMD ter conseguido roubar quota de mercado à rival NVIDIA. Uma das razões já foi dita em cima, que foi nada mais nada menos que lançamentos agressivos, prontos a atacar os produtos da rival.

Contudo, é inegável que um dos factores mais importantes foi mesmo o facto da AMD ter tirado partido do seu processo de produção mais avançado, para lançar produtos verdadeiramente interessantes. Ou seja, basicamente o que fez com a gama de processadores Ryzen. O que claro está, irritou imensamente a gigante das placas gráficas, por isso, em 2020 vamos ver a implementação de uma estratégia a sério para eliminar a AMD e as suas placas gráficas Navi da equação.

1. A NVIDIA tem muitos jogadores à espera da altura ideal para o upgrade

Caso não saiba, apenas 2% dos utilizadores de placas gráficas NVIDIA contam com uma placa de última geração na sua máquina (Turing). Aliás, 90% dos jogadores com componentes da empresa, usa uma placa gráfica abaixo dos níveis de performance da GTX 1660 Ti.

Por isso, é fácil dizer que existe muito boa gente à espera de uma geração de placas gráficas realmente inovadora para dar o salto! Ao fim ao cabo, apesar de potentes, as RTX 2000 não foram de maneira nenhuma um grande passo em frente, visto que a RTX 2080 apenas igualou a GTX 1080 Ti.

A única placa com níveis de performance superiores foi mesmo a RTX 2080 Ti, mas verdade seja dita, é demasiado cada.

2. A AMD já não tem a vantagem no processo!

As novas placas gráficas RTX 3000 baseadas na arquitetura Ampere já deverão contar com o processo de produção de 7nm da TSMC, em vez dos 12nm que a arquitetura Turing trouxe para cima da mesa.

Como tal, deverão ser capazes de oferecer um bom ‘boost’ na performance e eficiência energética. Aliás, vários rumores e ‘leaks’ apontam para que as novas placas Ampere sejam 50% mais rápidas em relação às suas antecessoras, isto ao mesmo tempo que consomem metade da energia.

3. Preços mais baixos?

A NVIDIA já percebeu que tem concorrência no mercado, e como tal, vai ter de abandonar a estratégia de “qualidade tem de ser paga”. Assim, caso a fabricante lance produtos com performance bastante acima daquilo que a AMD consegue lançar no mercado, a preços ‘justos’… É impossível não vencer esta guerra!


Entretanto, é esperado que tanto a NVIDIA como a AMD lancem a sua nova gama de placas no fim do verão, mais tardar em Outubro.

NVIDIA vai apostar tudo em 2020 para meter a AMD no bolso! – Ademais, o que pensa sobre tudo isto? Partilhe connosco a sua opinião nos comentários em baixo.

Gosta da Leak? Contamos consigo! Siga-nos no Google Notícias. Clique aqui e depois em Seguir.

Subscreva a newsletter Leak e tenha acesso diário aos principais destaques, ofertas e descontos nos parceiros Leak. Clique aqui

Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt

mm
Nuno Miguel Oliveirahttps://www.facebook.com/theGeekDomz/
Desde muito novo que me interessei por computadores e tecnologia no geral, tive o meu primeiro PC aos 10 anos e aos 15 anos montei a minha primeira torre, desde aí nunca mais parei. Tudo o que seja tecnologia, estou na fila da frente para saber mais.

Em destaque

Leia também