Netflix chuta a Disney para segundo lugar e é a nova campeã


Por em

Quando a Netflix se tornou uma empresa pública em 2002, era simplesmente um serviço que permitia encomendar DVDs. Desde então – graças principalmente às inovações na indústria de streaming – as suas ações subiram 33.000%. Agora, pela primeira vez, a Netflix tornou-se na empresa de entretenimento mais valiosa do mundo e empurrou a Disney para segundo lugar.

Lembramos que só em 2018, as ações da Netflix aumentaram 80%, enquanto as da Disney caíram cerca de 5% no ano passado. A partir de agora, a Netflix está avaliada em cerca de 153 mil milhões de dólares – mil milhões a mais que a Disney.

Estes são, sem dúvida, números impressionantes, considerando que a Disney possui alguns dos direitos, ao nível de de entretenimento, mais valiosos do mundo, incluindo a Pixar Animation, a Marvel Cinematic Universe e o Star Wars.

No entanto, todas essas posses, não estão a altura do que a Netflix consegue fazer nas casas das pessoas. Quer seja para visualizarem a programação original e premiada que a Netflix cria, ou deixar os filhos assistirem a um fluxo constante de programas infantis, as pessoas consideram o Netflix um aspecto essencial das suas vidas.

Como facilmente se percebe a Disney não consegue competir com isso, pelo menos até ao momento. É exactamente por isso que no futuro, a Disney vai lançar a sua própria plataforma de streaming para competir diretamente com a Netflix, o que provavelmente mudará a situação. No entanto, com o Netflix, o Hulu, o Amazon Prime Video, o HBO Go e outros serviços de streaming a lutarem pelo domínio nos Estados Unidos e não só, pode ser tarde demais para a Disney vir reivindicar o seu lugar ao sol.

O que é certo é que a Netflix tem investido muito em conteúdos de qualidade e inclusivamente em séries europeias que são um verdadeiro sucesso. Um exemplo disso é o The Rain que vale a pena verem porque está espectacular. Mas as novidades não ficam por aqui.

Em março, surgiram algumas informações na Internet a darem conta que o ex-presidente Barack Obama poderia ter o seu próprio programa no Netflix. Embora os detalhes iniciais fossem escassos, todos partimos do princípio de que poderia tratar-se de uma espécie de talk-show que iria dar a Obama uma oportunidade de se ligar ao mundo e analisar diversas questões pertinentes.

Agora e alguns meses depois, Barack Obama e o Netflix assinaram oficialmente um acordo. No entanto o programa será muito mais do que a maioria dos utilizadores esperava. Deste modo, tanto Barack como Michelle Obama vão produzir uma série de programas de televisão, documentários e muito mais para a gigante do streaming. Este acordo é válido durante alguns anos.

Acompanhe ao minuto as últimas noticias de tecnologia. Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.
Anterior

Nokia prepara muitas novidades para 29 de Maio

Han Solo chega ao Android através do Star Wars: Force Arena

Seguinte