Não ignore estes sinais da direção do seu automóvel!

Fazer um alinhamento da direção do seu automóvel é essencial para uma manutenção de rotina. Apesar do seu nome, um alinhamento das rodas não tem nada a ver com o ajuste das rodas e dos pneus do seu automóvel. Em vez disso, o processo de alinhamento envolve a verificação e o ajuste dos ângulos de curvatura, inclinação e impulso da direção e da suspensão do automóvel, entre outras coisas. Conduzir com as rodas corretamente alinhadas traz muitos benefícios. Neles inclui-se um desgaste uniforme dos pneus. Também uma melhor estabilidade, um manuseamento mais preciso e uma sensação de direção mais precisa. Assim não ignore estes sinais da direção do seu automóvel!

Não ignore estes sinais da direção do seu automóvel!

Conduzir regularmente em buracos, estradas de pavimento irregular, terrenos acidentados ou bater em lancis pode afetar o alinhamento das rodas do seu veículo, o que também pode introduzir uma série de sintomas preocupantes. Além disso, um alinhamento incorreto pode significar o desgaste de vários componentes da suspensão e da direção, como juntas esféricas danificadas, amortecedores com fugas, tirantes gastos ou uma cremalheira de direção danificada.

Felizmente, verificar se o seu automóvel precisa de um alinhamento é relativamente fácil. Entretanto existem cinco sinais cruciais a que deve estar atento.

Veículo desvia-se para um dos lados

O sintoma mais aparente de um mau alinhamento das rodas é o facto de o veículo se desviar para um dos lados.  Idealmente, a direção do seu automóvel deve permanecer centrada numa estrada em linha reta. Assim se tirar as mãos do volante e o veículo virar suavemente para a esquerda ou para a direita, é um sinal de que o seu automóvel precisa de um alinhamento o mais rapidamente possível.

Desgaste dos pneus

Ignorar os sintomas de tração também provocará um desgaste irregular dos pneus. Mesmo que o volante esteja à frente e ao centro e não apresente sinais de tração, um mau alinhamento pode provocar um desgaste rápido ou irregular dos pneus. Crie o hábito de inspecionar visualmente os pneus do seu automóvel pelo menos uma vez por semana ou antes de iniciar uma viagem longa. Se detetar os primeiros sinais de desgaste prematuro dos pneus, irá poupar dinheiro a longo prazo.

Vibrações fracas ou fortes

Entretanto, é altura de marcar um alinhamento das rodas se o volante não estiver na posição central quando se conduz em linha reta. Vibrações excessivas das rodas ou do volante são também outro sintoma de que o seu alinhamento requer atenção. Isto quer se trate de vibrações fracas ou fortes. Por último, verifique o alinhamento das rodas se o volante parecer demasiado solto ou algo impreciso na sua capacidade de resposta.

Os especialistas recomendam a realização de um alinhamento das rodas a cada duas mudanças de óleo, de preferência a cada 6.000 quilómetros. Assim o alinhamento periódico das rodas manterá o seu veículo a funcionar como novo, maximizará o conforto de condução, ajudará a poupar combustível e prolongará a vida útil dos seus pneus.

Entretanto clique aqui para seguir a Leak no Google Notícias e ficar a par de todas as informações mais importantes. Pode também subscrever aqui a nossa Newsletter e receber as notícias no seu e-mail.

mm
Bruno Fonseca
Fundador da Leak, estreou-se no online em 1999 quando criou a CDRW.co.pt. Deu os primeiros passos no mundo da tecnologia com o Spectrum 48K e nunca mais largou os computadores. É viciado em telemóveis, tablets e gadgets.

Especiais

Subscreva a Newsletter Leak

Não perca nenhuma informação importante! Subscreva a newsletter Leak e receba todas as notícias, destaques e outras informações importantes no seu e-mail.