Mesmo com o COVID-19, a AMD espera aumento de receitas de 30%


Por em

Mesmo com o COVID-19, a AMD espera aumento de receitas de 30% – A AMD está a passar por uma excelente temporada, graças à sua arquitetura Zen originalmente lançada em 2017! Que por sua vez deu origem aos produtos Ryzen, Threadripper e EPYC.

Afinal de contas, depois de um primeiro aviso em 2017 e 2018 com os primeiros Ryzen, tivemos agora um estrondoso sucesso dos produtos baseados na arquitetura Zen 2 (Ryzen 3000), e placas gráficas baseadas na arquitetura Navi (Radeon RX 5000). Por isso, como seria de esperar, eis que a fabricante continua apostada no domínio.



Mesmo com o COVID-19, a AMD espera aumento de receitas de 30%

AMD

Portanto, parece que a AMD está mesmo a apostar forte e feio na sua nova arquitetura Zen 3, esquecendo qualquer lançamento de processadores em 2020 (ao utilizar uma alegada arquitetura Zen 2+), devido à falta de concorrência por parte da Intel, que continua presa ao seu processo de 14nm e arquitetura de 2015 (Skylake).



Assim, é esperado que os novos produtos baseados na arquitetura Zen 3 sejam um novo ‘game-changer’ para a empresa, levando a AMD para o mundo dos lucros, após vários anos à beira da banca-rota. (Um total aproveitamento da situação atual da Intel)

Em suma, a Intel ‘ofereceu’ uma bolha de oxigénio tão grande à rival, que a arquitetura Zen 3 vai finalmente meter a AMD num espaço confortável, no que às finanças diz respeito. 

Aliás, estes números são impressionantes, especialmente quando temos em conta a ameaça do Coronavírus que se vive um pouco por todo o planeta. É que caso não saiba, mesmo com o Coronavírus, a AMD decidiu rever as contas do primeiro trimestre em alta.

Em suma, em 2019, a AMD mostrou que voltou verdadeiramente à guerra com os seus Ryzen 3000, ao fazer uma grande mossa na quota de mercado da rival Intel. Especialmente quando comparávamos os produtos em termos de performance/preço.

Por isso, agora está na hora de continuar esta aposta! com a AMD a lançar uma vasta gama de produtos bombásticos em 2020. Onde temos de salientar os SoCs que vão dar vida às novas PS5 e Xbox Series X, bem como os novos Ryzen 4000 mobile que até assuntam as soluções desktop da Intel ao mesmo tempo que consomem um terço da energia.

Aliás, segundo a própria CEO da AMD (Dr. Lisa Su), a fabricante até está a preparar o lançamento da primeira placa gráfica verdadeiramente topo de gama… Ou seja, a AMD quer fazer à NVIDIA o que tem estado a fazer à Intel.


Ademais, o que pensa sobre tudo isto? Partilhe connosco a sua opinião nos comentários em baixo.

Leia também

Ou veja mais notícias de Especiais, Featured, Hardware

Acompanhe ao minuto as últimas noticias de tecnologia. Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.
Anterior

(PC) Qual é a melhor placa gráfica ‘budget’ para jogos?

Xiaomi está a preparar um smartphone com câmaras dobráveis

Seguinte