Intel deixou os CPUs em segundo plano para apostar nas placas gráficas?


Por em

Como já deve saber, a Intel está a preparar-se para lançar a sua primeira placa gráfica dedicada já no próximo ano! E pelos vistos, vai entrar no mercado, pela gama que menos interessa aos gamers, a gama baixa… Assim, pela primeira vez em décadas, a Intel é o ‘puto novo do bairro’!

Contudo, a empresa está a trabalhar afincadamente para mudar esta imagem…

Afinal de contas, a chave para ter sucesso no mercado de hardware, é ter uma plataforma forte, com funcionalidades importantes para o seu público alvo! Os processadores AMD Ryzen, por exemplo, não só aumentaram o número de núcleos físicos, depois de uma década de Quad-Cores Intel, como também trouxeram para cima da mesa suporte a memória mais rápida, memória ECC e ainda retro-compatibilidade com motherboards ‘antigas’.

Curiosamente, a equipa de processadores da Intel parece estar a dormir… Mas a equipa das placas gráficas está atenta, e a tirar notas!

Porquê é que dizemos isto? Pela decisão da Intel de redesenhar o painel de controlo das suas placas gráficas integradas! O que acaba por demonstrar, todo o foco que a empresa está a meter neste mercado… E como pode ver pelo vídeo em baixo, é uma atualização ‘à séria’!

Apesar das drivers para placas gráficas integradas serem vastamente menos importantes do que para as placas gráficas dedicadas… A Intel tem conseguido acompanhar a Nvidia nesta vertente!

Aliás, desde o lançamento das placas gráficas GeForce RTX 20, existiram 6 atualizações de drivers, para ambas as empresas! Se quiser ficar ainda mais surpreendido, quando a Microsoft lançou a atualização de Outubro do Windows 10, a Intel já tinha as novas drivers prontas, enquanto a NVIDIA e a AMD ainda dormiam na parada.

Além disto, a Intel também está a planear introduzir suporte à sincronização de frames adaptativa nos seus GPUs integrados e dedicados. Algo que a NVIDIA apenas fez este mês, quando abriu a sua tecnologia G-Sync aos monitores AMD FreeSync.

Das três fabricantes, a Intel é quem tem o melhor programa de recomendação de definições gráficas para jogos!

a Intel está

O ‘Gameplay Portal’, permite aos jogadores pesquisar por processador ou jogo, e assim que ambos estão determinados, mostra uma screenshot das definições aconselhadas, para que consiga chegar aos 60FPS.

A NVIDIA e a AMD também têm soluções parecidas, mas que no fundo acabam por ficar um pouco aquém. (Aliás, muitas vezes, as recomendações da NVIDIA parecem ser aleatórias, e só estragam a experiência de jogo)

No entanto, apenas uma percentagem muito pequena de jogadores de PC, usa os GPUs integrados da Intel… Por isso, todo este esforço acaba por ser algo em demasia… Ou será que não? Será que é um esforço a olhar para o futuro?

Para no fundo tentar conquistar já os utilizadores, para que comprem a primeira placa gráfica Intel dedicada já em 2020?


O que pensam sobre isto? Partilhem connosco a sua opinião nos comentários em baixo!

Fonte

Leia também

Ou veja mais notícias de Hardware

Acompanhe ao minuto as últimas noticias de tecnologia. Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.
Etiquetas

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.