Huawei Mate 30 chega silenciosamente à Roménia por 800 Euros


Por em

Passito a passito, o recém-lançado Mate 30 e Mate 30 Pro estão a chegar a diferentes regiões para além da China. No início desta semana, os smartphones foram colocados à venda na Malásia e agora chegaram à Roménia.

Huawei Mate 30 chega silenciosamente à Roménia por 800 Euros

Entretanto, em vez de vender o smartphone pelo site oficial da Huawei, a empresa fez uma parceria com o site Quickmobile.ro, uma loja on-line estabelecida na Roménia.

Ao nível de preços, o Mate 30 começa nos 3.600 Lei (€ 760) para a variante básica de 6 GB RAM + 128 GB ROM, enquanto o Mate 30 Pro começa em 5.000 Lei (1.050 €) para a variante básica com 8 GB de RAM e 128 GB de armazenamento. Além disso, as variantes de memória e armazenamento mais altas dos dois dispositivos também estão disponíveis neste país.

Dito isto, o Mate 30 com 8GB + 128GB custa cerca de 800 Euros e o Mate 30 Pro com 8 GB + 256 GB custa 1.160 Euros.

Entretanto nenhuma das variantes Mate 30 lançadas na Roménia suporta 5G. Estas estão apenas disponíveis no mercado Chinês. Outra das questões é a não presença dos serviços da Google e infelizmente, por enquanto, já não é possível instalar os serviços da Google.

Embora este smartphone fosse fornecido sem os serviços e apps da Google, havia uma solução alternativa. Permitia que os utilizadores continuassem a utilizar os serviços da Google nos smartphones da gama Mate 30. No entanto, esta solução alternativa através do “LZ Play” já não está disponível. Isto porque o site que aloja várias aplicações já não está a funcionar.

A necessidade de uma instalação alternativa

Uma vez que os Estados Unidos não deixaram a Huawei usar os serviços da Google, ela perdeu o acesso às apps que normalmente estão presentes nos smartphones Android. Assim havia um método alternativo através do LZ Play, mas isto requeria permissões no nível do administrador. Assim este método levantou sérias preocupações de segurança.

Roménia

Ele usava algumas permissões especializadas do Android encontradas apenas em smartphones Huawei, incluindo a permissão para instalar outras aplicações, como aplicações de “sistema”. Entretanto após John Wu, o programador responsável pelo Magisk, publicar uma explicação sobre como o sistema funciona, o site que hospedava a aplicação LZ Play foi desativado.

Atualmente, não se sabe se o site foi retirado pelos programadores ou pelos serviços de hospedagem Alibaba.

Além disso, está a ser relatado que o Huawei Mate 30 deixou de passar nos testes de segurança SafetyNet do Google, que é a forma da Google garantir que o dispositivo é válido, seguro e sem root.

Passar nos testes do SafetyNet é um dos requisitos para se poder usar algumas das aplicações.

Fonte

Leia também

Ou veja mais notícias de Android

Acompanhe ao minuto as últimas noticias de tecnologia. Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.