HP Pavilion 15 (2021): um grande equilíbrio entre qualidade e preço

Há portáteis que são uma boa surpresa e é exatamente nessa categoria que incluo esta aposta da HP. De facto, o HP Pavilion 15-eg0002np é um equipamento que dá nas vistas sobretudo pelo design e cores, mas também pelo que está no interior. De facto, este fabricante conseguiu um bom equilíbrio entre qualidade e preço e por esse motivo conseguimos deitar a mão a um equipamento que custa 750 Euros, mas que ainda assim parece premium.

HP Pavilion 15 (2021): um grande equilíbrio entre qualidade e preço

O design

HP Pavilion 15

Costuma-se dizer que os olhos também comem e neste campo não há dúvida nenhuma que ficamos saciados. O modelo que testámos aposta num tom de azul que o torna especialmente atrativo. De facto, ao longo dos dias em que andei com ele todos os comentários que recebi foram positivos e consegue agradar tanto ao público masculino como feminino. Entretanto para um equipamento com um ecrã de 15 polegadas acaba por ser relativamente leve. Entretanto, embora tenha o chassis em plástico a textura faz parecer que estamos perante um dispositivo com a caixa em metal.

Quando abrimos o computador percebemos de imediato que houve bastante cuidado com o posicionamento de todos os elementos.

De facto, é tudo muito clean. Destaco o teclado com uma excelente dimensão das teclas e sobretudo com um toque muito agradável. Utilizo normalmente um Macbook Pro para trabalhar no dia a dia e não me custou nada passar para este. De facto, escrevi perfeitamente bem e com toda a comodidade. Isto é um ponto muito positivo porque há fabricantes que disponibilizam teclados onde até “dói” escrever.

HP Pavilion 15

Seja como for e considerando que por 750 Euros não se pode ter tudo há algumas coisas que ficaram de fora. Dito isto, o teclado não é retro-iluminado, o que pode fazer falta em algumas ocasiões.

Entretanto o botão de power encontra-se perfeitamente integrado no meio das outras teclas. Uma boa ideia para manter o tal design clean de que falei. Logo abaixo do teclado temos o touchpad que a meu ver tem as dimensões ideais.

No que diz respeito à conetividade do lado esquerdo temos a saída HDMI para ligação a um monitor ou a uma televisão. No caso da HDMI fiquei surpreendido por ser uma porta HDMI 2.0 em vez de 1.4. Isto significa que o sistema suporta monitores externos 4K a 60 fps.

Temos também uma porta USB normal e outra USB-C. Por fim, está presente um leitor de cartões microSD.

HP Pavilion 15

Já do lado direito temos outra porta USB e a entrada de energia. Não seria mau de todo a inclusão de outra porta USB mas duas para os tempos que correm está bom.

HP Pavilion 15 (2021): Hardware

No que diz respeito ao Hardware este dispositivo aposta num processador Intel Core i5 de décima primeira geração que opera a 2.40Ghz. A isto junta-se 12GB de memória. Quanto à placa gráfica temos uma integrada, nomeadamente uma Intel Iris Xe Graphics.

Apesar da Intel ter vendido muito bem esta placa gráfica não podemos esperar que corra os jogos mais pesados a 60 FPS. No entanto, não tem qualquer problema a executar outros títulos igualmente populares mas que não sejam tão puxados. Especialmente quando estamos a falar de 1080p.

Em termos práticos experimentei o Rocket League e tudo funcionou bem. Isto apesar de duas quebras durante o jogo. Agora no caso de outro título igualmente popular, neste caso o Fortnite, as coisas já não são assim tão boas. De qualquer modo não estamos perante um computador desenvolvido para jogar. É na prática um excelente portátil para trabalhar e que até faz uma perninha nos jogos. É esta a forma correta de colocar as coisas.

Quanto ao armazenamento estamos perante 512GB o que é mais que suficiente.

Autonomia

A bateria deste portátil desilude um pouco. De facto e dadas as dimensões do portátil seria de esperar que ela desse, pelo menos, para um dia inteiro. No entanto na maioria dos casos consegui umas sete ou oito horas dependendo do que estava a fazer. Aliás a ver Netflix deu para cerca de seis horas. Ou seja, poderia ser um pouco melhor.

Claro que isto não significa que este portátil seja mau. Seja como for podíamos ter uma duração maior em termos de bateria. Seja como for o carregamento é rápido e chega a metade da capacidade em cerca de meia-hora. De facto isto acaba por compensar um pouco a questão da autonomia.

Veredicto

O HP Pavilion 15 (2021) eg0002np é uma excelente máquina para a produtividade e aposta num estilo atrativo que tanto agrada ao público masculino como feminino. É rápido em todas as funções principais ao nível da produtividade e até consegue dar um perninha nos jogos. No entanto, dadas as características não podemos esperar títulos a correrem no máximo a 60 FPS. Seja como for temos uma bom equilíbrio qualidade e preço sobretudo se considerarmos que este equipamento custa 750 Euros. Sem dúvida, recomendamos ou não fosse ele da HP.

Siga a Leak no Google Notícias e não perca todas as informações mais importantes.

  • Tópicos
  • hp
mm
Bruno Fonseca
Fundador da Leak, estreou-se no online em 1999 quando criou a CDRW.co.pt. Deu os primeiros passos no mundo da tecnologia com o Spectrum 48K e nunca mais largou os computadores. É viciado em telemóveis, tablets e gadgets.

Especiais

Subscreva a Newsletter Leak

Não perca nenhuma informação importante! Subscreva a newsletter Leak e receba todas as notícias, destaques e outras informações importantes no seu e-mail.

Artigos relacionados