Guerra à Qualcomm: Kirin 1020 é 50% mais rápido que o Kirin 990!


Por em

Passaram alguns dias desde que a Qualcomm anunciou o mais recente chipset Snapdragon 865. Realmente parece ser um processador extraordinário, logo à partida pelo suporte para câmeras de 200 megapixéis conforme referimos aqui. Sem dúvida que vamos ter um ano de 2020 com muitas novidades tecnológicas. No entanto, este chipset não chegou sozinho. Dito isto, a Qualcomm apresentou também os Snapdragon 765 e 765G que só vão aparecer nos smartphones no próximo ano. Embora, aparentemente, pareça que estes novos chipsets não vão ter grande concorrência no mercado, já há um fabricante à espreita. Falamos, especificamente, da Huawei. O Kirin 1020 é um dos concorrentes a derrubar.

Guerra à Qualcomm: Kirin 1020 é 50% mais rápido que o Kirin 990!

De acordo com um leak que apareceu no Twitter, o novo chipset Kirin terá o nome de Kirin 1020. Entretanto, há rumores de que a Huawei pretende lançar um processador Kirin 820 para substituir os gama média Kirin 810.

Kirin 1020 é

O leakster não revelou quaisquer pistas acerca das especificações dos chipsets e essas informações ainda não são de domínio público. No entanto, é seguro especular que o chipset estará integrado juntamente com um modem 5G. Entretanto, o novo leakster revelou que topo de gama Kirin 1020 será desenvolvido com um processo de 5 nm e vai integrar a arquitetura ARM Cortex-A77. Isto vai garantir um aumento de quase 50% ao nível do desempenho, comparativamente ao Kirin 990. O chipset não terá uma versão 4G como o atual Kirin 990.

Guerra à Qualcomm

O Kirin 820 substitui o atual 810 e inclui o modem 5G. O primeiro dispositivo a utilizá-lo será o Nova 7 ou 10X.

O leakster também revelou que este será o chipset presente no Huawei Mate 40. O que vai estar integrado no P40 será o Kirin 990 5G.

De facto, o próximo ano vai estar ao rubro e o Snapdragon 865 é um excelente exemplo disso, pelo menos em termos de números. A Qualcomm revelou que tem trabalhado com fabricantes de sensores fotográficos para desenvolver uma bela câmera de 200 megapixéis! Sim, leu bem! 200! A Qualcomm afirma que a razão principal para isto é permitir que os utilizadores tenham acesso a uma grande capacidade de zoom numa imagem, ao mesmo tempo que preservam o detalhe. Eles serão utilizados exclusivamente neste novo chipset da Qualcomm, o Snapdragon 865.

Mas como é que isto funciona? Bem, o desempenho da câmera ligada ao Snapdragon 865 é baseado naquilo a que a Qualcomm chama velocidade Gigapixel. Significa que o processador de imagem Spectra 480 tem a capacidade de ler e processador uma quantidade louca de pixels (2 gigapixéis) que chegam do sensor. Ou seja, temos o suporte para o sensor de 200 megapixéis.

Fonte

Leia também

Ou veja mais notícias de Android, Featured

Acompanhe ao minuto as últimas noticias de tecnologia. Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.
Anterior

Huawei Band 4 Pro: será que consegue competir com a Mi Band 5?

Criadora de Pokémon Go juntou-se à Qualcomm para criar óculos AR/VR

Seguinte