Google vai restringir o que as apps conseguem ver no Android

A Google parece estar agora mais preocupada com a privacidade do seu sistema operativo Android! Por isso, está agora a fazer algumas alterações nas mais recentes builds do novo Android 12.

Assim, dentro de muito em breve, vai ser muito mais difícil para as apps instaladas no seu smartphone, terem acesso a vários tipos de informação secundário, como por exemplo, que outras apps estão instaladas na memória do aparelho.



Google vai restringir o que as apps conseguem ver no Android

google vai restringir

Portanto, a Google está a avançar com este objetivo, ao restringir o que as apps conseguem ver através da ‘query’ QUERY_ALL_PACKAGES. O que por sua vez, parece passar a mensagem que a segurança é agora uma prioridade para a gigante da pesquisa.

Ou seja, a partir de agora, o uso desta query irá estar bem mais limitado! Sendo permitida apenas para as aplicações que precisem mesmo de ter acesso a este tipo de informação. Aliás, os developers vão ter de justificar o acesso à informação à própria Google. Caso contrário, a sua app terá de ser removida da Play Store.

Esta alteração vai entrar em vigor a partir do dia 5 de Maio, com uma nova vaga de regras a chegar em Novembro de 2021. É uma mudança que parece ligeira, mas que tem um profundo impacto no ecossistema. Afinal de contas, vai ser muito mais complicado para as apps ‘espiar’, e perceber o que anda a fazer no seu aparelho.

No entanto, a Google vai continuar a colecionar muita informação sobre si e sobre o seu aparelho, afinal de contas, segundo os mais recentes dados recolhidos, o Android envia 20x mais informação em relação ao iOS da Apple.

Qualquer Android envia 20x mais dados que qualquer iPhone

Um recente estudo de mercado feito a smartphones baseados nos dois sistemas operativos mais populares do mercado (Android e iOS) demonstra que a Google “saca” muitos mais dados dos seus smartphones que a Apple.

No entanto, tanto a Apple como a Google já vieram a público negar os resultados dos testes, garantindo que apenas têm acesso a informações essenciais para garantir o bom funcionamento dos aparelhos.

Leia o resto do artigo aqui.


Ademais, o que pensa sobre tudo isto? Partilhe connosco a sua opinião nos comentários em baixo.

Gosta da Leak? Contamos consigo! Siga-nos no Google Notícias. Clique aqui e depois em Seguir.

Subscreva a newsletter Leak e tenha acesso diário aos principais destaques, ofertas e descontos nos parceiros Leak. Clique aqui

Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.

mm
Nuno Miguel Oliveirahttps://www.facebook.com/theGeekDomz/
Desde muito novo que me interessei por computadores e tecnologia no geral, tive o meu primeiro PC aos 10 anos e aos 15 anos montei a minha primeira torre, desde aí nunca mais parei. Tudo o que seja tecnologia, estou na fila da frente para saber mais.

Leia também