Google quer ajuda da Microsoft para resolver problema no Chrome

Desde que a Microsoft começou a lançar a atualização do Windows 10 de maio de 2020, a gigante da tecnologia afirmou que encontrou uma forma de resolver o problema da utilização de memória RAM por parte dos browsers baseados em Chrome. A correção chama-se Segment Heap. Está agora incluída no Microsoft Windows 10 e deve ajudar a reduzir a utilização de memória com algumas aplicações, como o Google Chrome e o Edge.

Google quer ajuda da Microsoft para resolver problema no Chrome

O Segment Heap é uma melhoria técnica que reduz a utilização geral de memória por parte das aplicações. Dito de outro modo, é uma coisa que os programadores têm mesmo de usar nas suas apps. A Microsoft, por exemplo, está a fazê-lo no browser Edge baseado no motor Chromium.

Google Chrome Microsoft

Os testes internos da Microsoft registaram uma redução de 27% no uso de memória do Edge. Claro que também se podem esperar algumas melhorias no Chrome se a Google for capaz de implementar esta novidade.

De acordo com uma informação do Chromium que vimos no início deste ano, a Google também pretendia adotar esta tecnologia para o Chrome. No entanto, a Google esclareceu posteriormente que afinal isto não estaria presente nas versões futuras, inclusivamente no Chrome 85.

A Google disse que o Segment Heap reduziu o uso de RAM por parte do browser, mas também acabou por causar graves problemas no desempenho, incluindo uma alta utilização do CPU.

Google Chrome Microsoft

Para resolver tudo isto, a Google necessita de ajuda da Microsoft. É que para o Chrome funcionar da melhor forma possível é necessário que a Microsoft concordasse em adicionar uma função ao Windows.

Claro que isto é algo que vai demorar bastante e eventualmente a Microsoft pode não ter vontade de o fazer.

Mas será que isto significa que não teremos a atualização de poupança de memória do Google Chrome em breve?

A Google ainda está a fazer testes adicionais com o Segment Heap e a Microsoft também pode ajudar o gigante dos motores de busca a executar mais testes. Assim, se tudo correr bem até pode ser que esta novidade chegue em breve.

Fonte

Gosta da Leak? Contamos consigo! Siga-nos no Google Notícias. Clique aqui e depois em Seguir.

Subscreva a newsletter Leak e tenha acesso diário aos principais destaques, ofertas e descontos nos parceiros Leak. Clique aqui

Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt

mm
Bruno Fonseca
Fundador da Leak, estreou-se no online em 1999 quando criou a CDRW.co.pt. Deu os primeiros passos no mundo da tecnologia com o Spectrum 48K e nunca mais largou os computadores. É viciado em telemóveis, tablets e gadgets.

Em destaque

Leia também