Inicio Android Empresas norte-americanas voltam a colaborar com a Huawei

Empresas norte-americanas voltam a colaborar com a Huawei

As coisas parecem estar a melhorar para a Huawei. É que algumas empresas americanas começaram a enviar novamente produtos e componentes para a Huawei. Um dos exemplos disso, é o fabricante de chips, Micron. É uma das principais empresas que começaram recentemente este envio.

Empresas norte-americanas voltam a colaborar com a Huawei

Este fabricante de chips consegue este feito sem infringir nenhuma lei, graças à proibição que apenas penaliza mercadorias que contenham 25% ou mais de componentes ou materiais provenientes dos EUA. Também não afeta bens que não são fabricados nos EUA ou aqueles que não estão rotulados como “Made in the US”.

Empresas

Entretanto, a Intel e alguns outros líderes de mercado também voltaram a enviar produtos para a Huawei.

Sanjay Mehrotra, que é o responsável principal da Micron, alertou os investidores de que há uma “incerteza contínua” em relação à situação da Huawei. Assim não é possível prever os volumes ou durante quanto tempo vão continuar a enviar produtos para a Huawei.

Ele acrescentou ainda que a proibição da Huawei custou à empresa 200 milhões de dólares em receita para o terceiro trimestre fiscal, que terminou em 30 de maio, já que a gigante chinesa é a maior cliente. A proibição deverá afetar também mais de mil empresas americanas.

Entretanto e devido a esta notícia, as ações da Micron subiram 13,8% hoje. Ou seja, o mercado está satisfeito com esta notícia.

Empresas

A saga Huawei-EUA ainda está para continuar e faz parte de uma guerra comercial entre os EUA e o governo chinês.

Se o nome Micron não vos é muito familiar, saibam que eles eram os detentores da Lexar antes de ser adquirida pela Longsys, uma empresa chinesa. No início deste ano, a Micron anunciou o primeiro cartão MicroSD de 1 TB no mundo.

O facto de alguns fabricantes estarem a cooperar com a Huawei é sem dúvida uma boa notícia. É que esta guerra criada por Trump está a prejudicar a gigante chinesa, mas também muitas empresas norte-americanas.

Fonte

Gosta da Leak? Contamos consigo! Siga-nos no Google Notícias. Clique aqui e depois em Seguir.

Subscreva a newsletter Leak e tenha acesso diário aos principais destaques, ofertas e descontos nos parceiros Leak. Clique aqui

Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.

mm
Bruno Fonseca
Fundador da Leak, estreou-se no online em 1999 quando criou a CDRW.co.pt. Deu os primeiros passos no mundo da tecnologia com o Spectrum 48K e nunca mais largou os computadores. É viciado em telemóveis, tablets e gadgets.

Leia também

Windows 10: AMD, Nvidia e Intel têm novos updates! Atualize já

Todos queremos um PC a dar o máximo e sobretudo que esteja pronto para as próximas versões do Windows 10 e também para os...

Mega-promoção 2020 Cyber Week: Windows 10 a 7 Euros

Apesar da grande venda da Black Friday já ter acabado, assim como a Cyber Monday, as megapromoções não param. Assim, a Godeal24.com já preparou...

Google Fotos acaba de receber uma grande novidade! Atualize já

Em Setembro do ano passado, a Google adicionou uma nova visualização de memórias no Google Fotos. A ideia é ajudar os utilizadores a descobrirem...

Espera por Cyberpunk 2077? Streams só depois do lançamento!

Estando a apenas uma semana de distância, Cyberpunk 2077 já faz com que vários jogadores sintam aquele friozinho na barriga. Afinal de contas, este...

Nova personagem bombástica vai chegar ao Fortnite! Krat…

Apesar de já se encontrar no mercado há uma série de anos, Fortnite não parece querer desacelerar. Afinal de contas, depois da nova season...