Inicio Android Empresas norte-americanas voltam a colaborar com a Huawei

Empresas norte-americanas voltam a colaborar com a Huawei

As coisas parecem estar a melhorar para a Huawei. É que algumas empresas americanas começaram a enviar novamente produtos e componentes para a Huawei. Um dos exemplos disso, é o fabricante de chips, Micron. É uma das principais empresas que começaram recentemente este envio.

Empresas norte-americanas voltam a colaborar com a Huawei

Este fabricante de chips consegue este feito sem infringir nenhuma lei, graças à proibição que apenas penaliza mercadorias que contenham 25% ou mais de componentes ou materiais provenientes dos EUA. Também não afeta bens que não são fabricados nos EUA ou aqueles que não estão rotulados como “Made in the US”.

Empresas

Entretanto, a Intel e alguns outros líderes de mercado também voltaram a enviar produtos para a Huawei.

Sanjay Mehrotra, que é o responsável principal da Micron, alertou os investidores de que há uma “incerteza contínua” em relação à situação da Huawei. Assim não é possível prever os volumes ou durante quanto tempo vão continuar a enviar produtos para a Huawei.

Ele acrescentou ainda que a proibição da Huawei custou à empresa 200 milhões de dólares em receita para o terceiro trimestre fiscal, que terminou em 30 de maio, já que a gigante chinesa é a maior cliente. A proibição deverá afetar também mais de mil empresas americanas.

Entretanto e devido a esta notícia, as ações da Micron subiram 13,8% hoje. Ou seja, o mercado está satisfeito com esta notícia.

Empresas

A saga Huawei-EUA ainda está para continuar e faz parte de uma guerra comercial entre os EUA e o governo chinês.

Se o nome Micron não vos é muito familiar, saibam que eles eram os detentores da Lexar antes de ser adquirida pela Longsys, uma empresa chinesa. No início deste ano, a Micron anunciou o primeiro cartão MicroSD de 1 TB no mundo.

O facto de alguns fabricantes estarem a cooperar com a Huawei é sem dúvida uma boa notícia. É que esta guerra criada por Trump está a prejudicar a gigante chinesa, mas também muitas empresas norte-americanas.

Fonte Gosta da Leak? Contamos consigo! Siga-nos no Google Notícias. Clique aqui e depois em Seguir.

Quer receber notificações gratuitas no seu smartphone ou computador sempre que lançamos um novo artigo? Clique aqui.

Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.

mm
Bruno Fonseca
Fundador da Leak, estreou-se no online em 1999 quando criou a CDRW.co.pt. Deu os primeiros passos no mundo da tecnologia com o Spectrum 48K e nunca mais largou os computadores. É viciado em telemóveis, tablets e gadgets.

Leia também

Google Fotos acaba de receber uma novidade! Já a encontrou?

A Google não para de atualizar as suas aplicações. Quer seja, o Maps, o Gboard, o Lens, ou outras, tudo tem merecido a atenção...

WhatsApp recebe uma mega-novidade que todos querem!

O WhatsApp prepara-se para receber uma mega-novidade que todos querem! De facto, é talvez a que vai dar mais jeito a quem utiliza esta...

God of War Ragnarok vai impressionar na PS5 (e na PS4 também!)

O estúdio de Santa Mónica teve um pequeno 'tease' para oferecer no dia em que a Sony anunciou finalmente o dia e preço de...

Precisa de uma TV nova para a PS5… Mas calma!

TV nova para a PS5? As novas consolas trazem consigo hardware significativamente mais poderoso em comparação à atual geração. Por isso, para tirar partido...

Waze recebe uma nova atualização na próxima semana!

O Google Maps e o Waze são sem dúvida as duas melhores aplicações de navegação. Pertencem ambas à Google e recebem atualizações com muita...