Electronic Arts num mundo de problemas? Adeus Loot Boxes?

Quando falamos de ‘Loot’ Boxes’ em jogos, existem uma série de nomes que prontamente nos aparecem no pensamento… E claro, como não poderia deixar de ser, um deles é a Electronic Arts (EA).

É que caso não saiba, o problema destas ‘caixas’ de prémios aleatórios são agora um verdadeiro problema. Que até já anda a ser investigado por vários governos, como o Belga e Holandês.

Aliás, nas últimas semanas, a EA teve de comparecer no parlamento Inglês para defender a sua posição.

Foi daqui que veio a popular declaração :”As ‘loot boxes’ são uma mecânica surpresa!” Que como deve imaginar, puxou várias gargalhadas tanto à audiência, como a todos os jogadores habituados aos esquemas da EA.

Contudo, parece que a EA (e outras empresas similares) pode deixar de rir dentro de muito pouco tempo! Visto que vai existir mais estudos para determinar se existe uma correlação entre o vício do jogo e esta forma de monetização.

Ademais, o que pensa sobre tudo isto? Partilhe connosco a sua opinião, nos comentários em baixo.

Fonte


G2A: Plataforma de jogos está a lutar contra a venda ilegal de chaves

G2A

Existem várias plataformas de vendas de chaves, que os utilizadores afirmam ser um mercado cinzento… Devido à maneira pouco clara como estes códigos de jogos chegam ao mercado. Aliás, muito recentemente a G2A esteve debaixo de fogo, depois de dois estúdios Indie, “RageSquid” e “No More Robots” terem acusado a empresa de vender chaves a um preço demasiado alto, depois de as terem adquirido em massa.

Pois bem, a G2A veio hoje a público dizer que “quer acabar finalmente com todas as acusações que tem sido alvo.”

Assim, naquilo que é no fundo uma explicação bastante detalhada do seu modelo de negócio, o porta voz da G2A disse:

“O modelo de negócio da G2A é exatamente o mesmo que outros marketplaces como a Amazon ou eBay, com os seus pontos positivos e negativos.”

Leia o resto do artigo aqui.

Gosta da Leak? Contamos consigo! Siga-nos no Google Notícias. Clique aqui e depois em Seguir. Obrigado!

Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.

Leia também

Deixe um comentário