Como é que a Google se tornou naquilo que é hoje?

Google

Seguramente, que já ouviu a frase “Não sei, vai ao Google!”. Em boa verdade, duvido que exista alguém à face da terra, que nunca tenha ouvido o nome deste empresa, pelo menos uma vez na vida.

Mas como é que a Google se tornou naquilo que é hoje?

No fundo, a explicação é muito simples! A empresa conseguiu tanto sucesso no mercado, graças a uma marca com uma força enorme, e claro, um grande foco na eficiência de gestão de capital.

Aliás, a Google é tão eficiente e forte nas margens de lucro, porque consegue toda a sua informação, de borla!

A Google consegue armazenar enormes quantidades de informação, por estar constantemente a fazer ‘crawl’ ao que acontece na Internet, bem como às constantes pesquisas feitas no seu próprio motor de busca (Querys).

Afinal de contas, depois de fazer uma pesquisa, a Google também fica a saber, em que links irá clicar, ficando cada vez mais eficiente, pesquisa a pesquisa.

Google Chrome Dark Mode

E caso não saiba, são feitas milhares de pesquisas, todos os segundos!

Informação que a Google posteriormente usa para aumentar a sua vantagem competitiva. Isto, porque todos estes dados são posteriormente utilizados, para treinar os seus algoritmos, a uma escala avassaladora.

Claro que a gigante das pesquisas, é excelente na criação de algoritmos… Mas a coisa fica bem mais fácil, quando existem toneladas de informação, para levar o sistema ainda mais além.

Curiosamente, assim que chegou à ‘massa crítica’, a Google começou a fazer o tudo por tudo, para ser considerada a ‘melhor’ no seu campo

A ideia aqui, foi gastar o mínimo possível em publicidade, focando os seus gastos nas infra-estruturas, de modo a conseguir manter a liderança de mercado. Oferecendo melhores serviços, em relação à concorrência.

Alguém se lembra da Yahoo ou Bing? Provavelmente não…

Não foi por acaso, que quando os servidores da gigante foram abaixo, vários serviços ‘extra Google’ foram abaixo! Como exemplos temos o Snapchat, e vários jogos como Dragon Ball Legends.

Google

Então e agora? Parece que as coisas começam a mudar um pouco… É que caso não saiba, hoje em dia, a grande maioria do dinheiro da Google, vem dos anúncios publicitários, que vê todos os dias nos mais variados sites.

E a verdade, é que a performance da Google neste ‘ads’, não é nada de especial!

Por isso, além de investir em infra-estrutura, a Google está também a tentar meter estes anúncios publicitários mais amigos do utilizador, para conseguir mais e mais cliques. Aliás, os anúncios têm agora mais importância para a empresa, do que o próprio sistema de pesquisa.

O que muito se deve, à passagem dos utilizadores do PC para o smartphone.

Telemóvel mais lento

Em suma, o Mobile é ainda uma dificuldade para a Google! Com a empresa a ter de competir com as redes sociais, que conseguem manter os utilizadores ligados, novamente com conteúdo disponibilizado pelos próprios… De borla!

Ou seja, a grande força da Google, que era a pesquisa no Desktop, não passou a 100% para o mobile. Com as redes sociais a conseguirem atacar a gigante da pesquisa no seu grande ponto fraco.

E talvez seja por isso, que vemos cada vez mais hardware e serviços Google a serem disponibilizados.



Conclusão

Em suma, a Google tem gozado de um enorme sucesso, na construção do seu produto, numa maneira super eficiente! Graças aos dados ‘oferecidos’ pelos utilizadores.

Afinal, a sua escala de sucesso é histórica. Mas a passagem para o mobile não tem sido fácil. E por isso, existe agora uma maior necessidade de gastar mais em marketing, e em expansões para outros mercados.


Ademais, o que pensa sobre tudo isto? Partilhe connosco a sua opinião, nos comentários em baixo.