à Huawei -

Numa altura, em que a Huawei se encontra em maus lençóis, devido à proibição imposta por Donald Trump… O que por consequência, mete o seu futuro envolto numa série de dúvidas.

É importante perceber, como é que a Huawei chegou onde chegou! Como é que uma fabricante de smartphones, consegue não só alcançar como ultrapassar a Apple. Isto, ao mesmo tempo que mete a gigante Samsung em sentido.

Em suma, como é que a Huawei conseguiu chegar ao topo do mercado, em tão pouco tempo? Como é que já é a segunda maior fabricante de smartphones do mundo?

Apesar de tudo aquilo que está a acontecer, a Huawei continua com um objetivo bem definido… Roubar o trono à Samsung! Algo que segundo um executivo da empresa, poderia ter acontecido já em 2019, não fosse a proibição imposta por Donald Trump.

Mas vamos tentar perceber como tudo isto aconteceu…

Mate X

Em boa verdade, há cinco ou seis anos, é muito provável que se ouvisse o nome ‘Huawei’, fizesse uma cara feira… No entanto, em 2019, é uma das maiores empresas da indústria mobile!

A marca é globalmente reconhecida como o segundo maior fabricante de smartphones do mundo, apenas atrás da Samsung, deixando a Apple no terceiro lugar.

Mas como é que a Huawei conseguiu tanto, em tão pouco tempo?

Como deve saber, a marca apostou primeiramente no lançamento de aparelhos de baixa e média gama.

Isto, para tentar conquistar o mercado por baixo, subindo ‘lentamente’ até aos segmentos mais ‘Premium’. Começando também por lançar topos de gama, que apesar de não serem visualmente apelativos, eram bastante bons na qualidade/preço.

Mas a estratégia da Huawei, era bem mais complexa que isto! No fundo, existem 5 fatores chave, para o sucesso! Ora veja:


1 – Campanhas para aumentar a notoriedade da marca

A Huawei

A Huawei não quis apenas entrar no mercado com produtos funcionais, em vez disso, focou-se muito em fazer crescer a sua marca (Brand)! E para isso, a empresa sabia que tinha de ganhar ‘Hype’ nos mercados locais e criar conteúdo ‘fora-da-caixa’, e por isso, decidiu criar a campanha ‘Huawei Best Wei‘.

A ideia era reunir talento local, para criar conteúdo criativo e apelativo de modo a agarrar os mais jovens.

2. Colaborações com celebridades

A Huawei teve um grande número de colaborações bem sucedidas no passado. Entre estas podemos especificar a do Huawei P9, com Henry Cavill (Super-Homem) e Scarlett Johansson (Black Widow).

Anúncios publicitários que salientavam as capacidades fotográficas das câmeras de 12MP dos Huawei P9 e P9 Plus. Com Henry Cavill a representar as funcionalidades monocromáticas, enquanto que Scarlett Johansson ficou com a parte das cores.

Em suma, este tipo de celebridades conta com uma número completamente massivo de seguidores! Por isso, é certo que um anúncio publicitário bem produzido irá garantir um bom ‘boost’ na popularidade da marca.

3. Apresentação de produtos em feiras internacionais

A Huawei

Um dos segredos do sucesso da Huawei, está na apresentação dos seus produtos em convenções de larga escala.

Ou seja, nos últimos anos, a Huawei tem marcado presença em feiras internacionais como a Mobile World Congress (MWC) ou a IFA, com uma grande variedade de atividades ou apresentações.

Em paralelo, durante estes eventos, a empresa não falha qualquer oportunidade de interagir com parceiros ou operadores, de modo a discutir o futuro da indústria móvel, até aconselhando outras empresas como é que podem levar o seu negócio mais além.

Em síntese, este tipo de eventos é uma excelente maneira de aumentar a popularidade de uma marca, para promover novos produtos, e talvez mais importante que isso, mostrar a um público muito alargado todas as inovações e conquistas da empresa.

4. 44 milhões de seguidores no Facebook, devido a publicação de posts apelativos e criativos.

A Huawei

O sucesso online da Huawei pode ser muito bem atribuído às publicações nas suas páginas nas redes sociais!

Ou seja, ao manter a consistência e assegurando que todas as páginas estão atualizadas, a marca consegue que muitos fãs interajam com as publicações, por via de comentários, partilhas ou identificações.

Isto já para não falar dos muitos passatempos que faz, tanto nas suas páginas oficiais como em parceria com outros meios.

Isto, para não falar das farpas que manda às rivais nas redes sociais, ou até nos eventos de lançamento destas!

5. Anúncios publicitários de alto perfil no terreno!

A Huawei

Na Europa… A Huawei está em todo o lado!

É impossível visitar uma cidade Europeia sem ver um anúncio gigante da Huawei. Aliás, se for ver um jogo de futebol e não vislumbrar o logo da Huawei, talvez precise de óculos urgentemente! Pois, a marca tem parcerias estratégicas com vários clubes de topo, como Arsenal, AC Milan ou até o Benfica em Portugal.

Similarmente, também tem parcerias com estrelas mundiais do desporto, como Lionel Messi.

Contudo, as coisas não ficam por aqui…

Se entrar numa loja da especialidade, o número de smartphones da Huawei em exposição consegue ultrapassar aquilo que as rivais como a Samsung ou a Apple apresentam.

Em suma, anúncios publicitários nas ruas, ou patrocínios a clubes de futebol pode parecer uma maneira bastante ‘old-school’ de fazer as coisas. Mas a verdade é que a Huawei provou que funciona brilhantemente, se for feita numa escala massiva e claro, global.


O que pensa sobre isto? Partilhe connosco a sua opinião nos comentários em baixo.