Chrome 90 para PC e Android acaba de ficar mais seguro!

A Google começou a testar uma alteração no Chrome no início deste ano para melhorar o tempo de carregamento das páginas em sites encriptados. Assim mudava o comportamento do Omnibox, a barra onde escrevem o endereço do site que querem visitar, e fazia com que ele carregasse as versões encriptadas por defeito. Tudo, sem sequer, ir à versão não encriptada. No entanto, agora a Google anunciou que esta novidade vai chegar ao Chrome 90, tanto para PC, como para Android.

Chrome 90 para PC e Android acaba de ficar mais seguro!

Lembro que o Chrome 90 foi lançado no canal beta no início deste mês e chegou com mais uma novidade para além da que referimos. Melhorias no codificador AV1 para melhorar as vídeos conferências. Para além disto, temos agora esta mudança definitiva do HTTP para o HTTPS. Como referi isto pode melhorar a velocidade mas também garantir muito mais privacidade.

Chrome 90 para PC, Chrome 90 para Android

Entretanto a Google explicou como é que isto vai funcionar, mas também indicou que esta novidade apenas será válida para quem não introduzir qualquer protocolo. Ou seja, se eu introduzir apenas leak.pt ou www.leak.pt ele vai carregar por defeito o site em modo seguro. Se eu colocar http://www.leak.pt ele vai tentar carregar por defeito a versão não segura. Penso que sito tenha sido feito por causa dos sites que ainda não têm HTTPS, o que deve começar a ser mais raro nos próximos tempos.

E se um site não suportar mesmo HTTPS?

Bem, aí a Google vai tentar carregá-lo automaticamente e algumas vezes em modo seguro. Caso não seja possível carrega em HTTP. O mesmo quando existirem erros nos certificados ou falhas no DNS.

Como referimos anteriormente, esta mudança vai chegar inicialmente ao Chrome 90 para PC e Android. Mais tarde chega aos utilizadores que têm iOS.

Se do lado do Chrome as coisas parecem estar a correr bem, do lado do Edge não.

O Microsoft Edge recebeu recentemente uma novidade que garante um arranque mais rápido. Mesmo depois do sistema operativo ser reiniciado. Isto é possível porque alguns processos ficam a correr em segundo plano e desde que o computador é ligado. Assim é como se o browser estivesse sempre num estado de stand by. No Microsoft Edge 89 esta função chamada startup boost está ativada de forma automática e melhora a velocidade entre 29 a 41%. No entanto isto não é para todos e em alguns casos pode-se dizer que o Microsoft Edge está a empancar e a deixar mais lento o Windows 10. Para além de criar problemas no próprio desempenho do sistema operativo, o browser está a deixar de encerrar. Carrega no botão para fechar e ele volta a ser lançado. Pode ler mais sobre isto aqui.

mm
Bruno Fonseca
Fundador da Leak, estreou-se no online em 1999 quando criou a CDRW.co.pt. Deu os primeiros passos no mundo da tecnologia com o Spectrum 48K e nunca mais largou os computadores. É viciado em telemóveis, tablets e gadgets.

Mais deste autor

Relacionadas

Publicidadespot_img

Últimos artigos

Google Fotos: a novidade mais esperada desapareceu sem data!

Em 2019 na conferência da Google conhecemos uma novidade que ia chegar ao Google Fotos. Esta novidade chamava-se Colorize e utilizava a IA para...

Não quer instalar o iOS 15? Veja como continuar a ter updates!

O iOS 15 chegou e veio cheio de funcionalidades. De facto, há muitas e boas razões para mudar! No entanto, há muitas pessoas que...

Gmail: recupere o espaço da sua conta em segundos!

O Gmail é sem dúvida uma excelente plataforma de email. No entanto, partilha do mesmo problema das outras plataformas. Os emails vão-se acumulando, especialmente...

Não perca nenhuma informação de última hora!

Registe-ne na Newsletter Leak e receba diariamente todas as informações no seu email!